Entrevista com Dante Augusto (banda Calistoga)...

por - 16:32


De um papo descontraído com o Dante Augusto, rolou uma entrevista bem legal sobre a Calistoga, banda do Rio Grande do Norte, formada pelo já citado Dante Augusto (voz), Gustavo Rocha (baixo), Henrique Gela (guitarra), Rafael Brasil (guitarra) e Daniel Araújo (bateria). Com um som calcado no experimental, passando pelo at the drive-in ao progressivo do Mars Volta, a banda tem 5 eps lançados oficialmente, vem fazendo shows por aí e em novembro vai tocar no Festival do Sol 2010. Na entrevista ele falou um pouco sobre a cena atual, influência, estilo de vida. As perguntas foram feitas por diversas pessoas pelo tuiter, MSN, e por nos mesmos. Confere aí, gente boa:


Hominis Canidae: Calistoga é um nome que me intriga bastante. De onde vem?


Dante Augusto: então... É o nome de uma cidade no estado americano da Califórnia. Quando estávamos formando a banda conhecemos uma mina de lá. Aí rolou a idéia de batizar a banda c o nome da cidade porque a mina era legal, a cidade parecia ser legal. A mina ainda é legal e a cidade também ainda parece ser legal, mas enfim... O nome era sonoro e era a escolha certa


Já que você falou disso, Como se deu o processo de formação da banda? Vieram de alguma pré banda?! Como vocês se conheceram?!


Eu, Henrique e Gustavo estudávamos na mesma escola e tínhamos diferentes bandas... Nessa época a gente não era tão próximo, mas depois acabamos pegando os mesmos caminhos que nos levaram ao bairro da ribeira aos rock, ao underground, talvez a hadial possa ser chamada de pré banda. Gustavo e Henrique tocavam nela e eu colava nos shows e Fernandinho também (antigo batera). Era uma galera só bem grande, tinha o irmão de Fernandinho também que toca no Deadfunnydays. Todo mundo anda junto e colava nos shows, mas não me lembro bem de como nos conhecemos, mas foi nesse processo todo heheh



Quantas mudanças já aconteceram na formação da banda? Agora encaixou a melhor formação?


Mudanças acontecem a todo instante, a formação esta fluindo e em direções diferentes das antigas. São sensações diferentes tocar com essa formação e com a outra, mas as duas têm grandes músicos e ambas as sensações são prazerosas mas esta todo mundo feliz c a formação abriu muitas possibilidades Também com um guitarrista fixo e o synth (sintetizador) e os efeitos mais uma voz, isso já pode ser notado no show e vai ser no disco também.


Nota-se uma evolução bem nítida no som da banda. Os primeiros discos começaram mais crus e os últimos têm uma pegada bem diferente, mais experimental. Ao que se deve isso? A essas pessoas do processo?!


Na real esse caminho mais experimental sempre foi o objetivo da banda, mas só agora estamos conseguindo chegar mais perto disso. Acho que as pessoas sempre influenciam no processo, mas acho que esses objetivos que vão sendo conquistados se devem mais ao prazer em tocar. Você está só tocando e as coisas vão acontecendo sem perceber, o que você escuta influencia muito vai condicionando seu cérebro a definir certas idéias como boas ou ruins e isso tem profundo impacto no processo criativo. A mudança de pessoas não muda a naturalidade do processo desde que os novos membros tenham esse mesmo foco ou prazer de tocar.



Quais são as suas influencias? Incomoda a comparação com At the drive in e o Cedric, eles são influencia mesmo?


Com certeza são uma grande influencia, sempre foram. Não me incomodam as comparações, na real eu sou comparado com um monte de outras pessoas... Acho que sou um tipo comum hahaha! O Cedric e o Omar, o mars volta , At the drive in, o de facto, os projetos do Omar, Sparta. Tudo isso nos influenciou bastante e até por isso não da pra se incomodar com comparações, seria uma forma de ingratidão hahahaha. Acho que tudo que já ouvi na minha vida ate hoje me influencia, é muita coisa. Então vou falar o que ouço ultimamente: zappa, bowie, beatles, king crimson.


Falando nisso, qual o último som gringo que você ouviu e achou relevante? E nacional o que tem escutado? Das coisas novas, eu digo.


Ultimamente não tenho procurado muito som, indico o projeto do omar com o frusciante que é uma grane influencia pra mim também não só nos chili peppers como na carreira solo. Gosto mais da carreira solo dele pra ser sincero e no Brasil não consigo me lembra de nada auehauh.



Alem da Calistoga, eu sei que alguns integrantes têm outros projetos, os tais solos e paralelos, lembro que você me falou de um seu meio acústico, na linha do frusciante, vai rolar mesmo?! Ou é só uma brincadeira?


Vai rolar sim, em breve quero lançar. São só musicas estilo canção de violão, bem verse chorus verse mesmo. Ate pensei em chamar o disco assim, auheuah. A idéia é gravar as musicas na voz e violão e ir acrescentando camadas num estilo meio frusciante mesmo em algumas coisas, gosto de brincar com synths e coisas eletrônicas também, estou engatinhando nessa área, mas muito empolgado.


Mas voltando ao principal. Pra quando sai esse disco novo da Calistoga? Fechou o nome do rebento? Número de faixas? Quando sai?


Então, já ta bem encaminhada. Serão oito musicas e vai se chamar time and understanding. Todas as bases já foram gravadas dobradas, overdubadas e tudo mais. Ta faltando algumas vozes e texturas eletrônicas, a gente ta gravando no nosso estúdio aqui em natal mesmo, o estúdio Voz. Vamos mixar la mesmo e masterizar fora, provavelmente no el rocha em são Paulo, mas isso ainda esta sendo definido. Queremos estar lançando em dezembro no Maximo.


Você prega libertação animal em suas letras, o veganismo. Quando começou a seguir esse caminho? Você acredita que um dia isso fará parte da cultura mundial? For real? E quais as dicas de conseguir ser vegan na estrada, nas gigs?!


Comecei c o ovo - lacto vegetarianismo acho que um ano antes da banda, foi tudo culpa do hardcore. Hahah. Varias bandas abraçam a causa e tal. É um lance que me comove muito e tem muito significado pra mim. Você é um garoto cantando "give me something to belive!" Ai vem bandas e atendem esse pedido. Ahahaha Acredito que isso faça parte da cultura mundial sim numa escala maior do que já é, mas num futuro mais distante. Na estrada e nas gigs eu procuro comer as coisas mais nutritivas, nem sempre da por causa do tempo corrido e tudo mais. Rola uns improvisos, cozinhar nos cantos também. Andar com um saco de amendoim emergencial na mochila sempre ajuda, eles fornecem energia pro corpo rapidamente.. E tem proteínas, vários nutrientes. Não vem de graça ser vegan, exige certo esforço vegan.


Ainda sobre as letras, percebe-se que os EPs são meio temáticos, qual vai ser o caminho desse novo trabalho? Seguir essa linha?! Quem mais faz as letras na banda?!


A gente não segue linhas de propósito, mas acaba seguindo mesmo. Acho que por estar escrevendo musicas seguida num mesmo período de tempo... Na real não sei... Acontece... Se bem que no novo não sinto muito isso. Quando sair cada um terá sua opinião haha. Fernandinho escrevia letras comigo, mas agora tem ficado comigo mesmo. Tem uma letra de Gustavo no novo (ainda sem nome a musica).



Calistoga - Feels So Real (Clipe Oficial)


Quando conheci a banda, você era SXE, porque largou a causa? Você acha que isso influenciou no seu processo de criação?!


Com certeza, larguei porque tive vontade de ter essas experiências novamente. Acho que influenciou totalmente, não só no processo criativo, mas na minha vida como um todo. No show também, ate o que você come influencia na sua vida. Assim como o que você ouve, vê, toca, são portas pra mente e pra alma.


Ouvi algumas faixas do disco novo, Fallen hero me remeteu a um desapontamento, parece uma mensagem de que você e a banda não quer ser espelho pra ninguém. Como se caracteriza os fãs da Calistoga? Onde acha que a banda é mais prestigiada?! Isso tem a ver com suas decisões ou crenças? Essas mudanças, como o próprio deixar de ser SXE


Acho que não tem um perfil de fãs do calistoga, acho que a palavra fã é meio forte. Haha É mais uma galera que gosta, entende, esse lance do desapontamento acho que na banda ninguém quer ser espelho pra ninguém mesmo. Vemos-nos como serviçais da musica, celebramos musica e não personalidades ou imagens, só sons. Acho que a banda é mais prestigiada em natal mesmo, nossos shows têm sido cada vez mais legais, troca de energia massa com o publico. Rola um carinho mutuo! Tem a ver com as decisões e crenças porque sigo muito elas e cair do sxe tem total influencia também.



Lembro que um tempo atrás tava falando contigo, com o Gustavo, vocês estavam com idéias de uma tour pra rolar realmente todo o pais, inclusive chegar ate a gringa, argentina se não me engano. Vocês recebem contatos de fora do país? Via myspace ou qualquer outra rede de contato?! A idéia é sair daqui mesmo? Tentar voar mais alto, viver da musica?


Sim sim a ideia é essa. Estamos meio fracos de contatos gringos, temos contatos que tem contatos. Hahaha Mas ainda queremos rodar um pouco mais por aqui, voltar nos lugares é muito foda também, rever amigos, mas o objetivo é viver de musica mesmo, tocar na gringa. Não queremos sacrificar nossas crenças pra poder viver de musica, mas qual o musica q não quer viver de musica? Já recebemos alguns contatos via myspace, mas pra sair numas coletâneas não muito interessantes pra nos.


E o lance daqueles vídeos de surf que você me mandou um dia, alguns ate bem profissionais com o som da calistoga? Aquilo rolou sem contato nenhum mesmo?! Nem um jaba?! Hehehehe


Nenhum haha. Nos contactaram no myspace pedindo umas musicas pra colocar nos vídeos de surf. Ai nos liberamos e eles não pararam mais hahaha. Não rolou nada de grana de nenhuma parte, os caras pediram e nos liberamos. Acho massa a idéia de sair nos vídeos de surf, até porque conheci bandas muito boas em vídeos de surf e sk8.

O próximo show é no Festival DoSol, o que da pra esperar de novidade nesse show?! Afinal, a banda toca em casa, com a torcida a favor, vai rolar alguma coisa nova?!


Sim, vamos tocar varias novas e talvez alguma antigonas. Vamos montar um repertorio pensado dessa vez hehehe. Estamos bem empolgados pro show porque o do ano passado foi muito marcante e o festival dosol é especial para nos.



Quer deixar mais algum recado pra geral ai?! Espaço aberto...

Ahh queria agradece vocês do Hominis Canidae pelo espaço e por todo o apoio e brodagem! E agradecer as pessoas que fizeram as perguntas haueh mesmo não sabendo quem são. Valeu!


Fotos: Rafael Passos e Lado R

Você também pode gostar

0 comentários