Gigantes, animais, gigantes (uma alusão à intenso, pensamento, intenso)...

por - 10:57


Lá vamos nós novamente, numa introdução canalha, bora então falar de uma das bandas preferidas da casa. Gigante Animal é uma banda paulista de rock, (sim, só os cabe o rótulo de rock). Formada por Lucas Wirz e Henrique Zarate (ex-integrantes do College), Thiago Andrade Baballu (Ja tocou no Triste Fim de Rosilene, Band Of Friend e mais uma pá de banda - se lembrar mais alguma, mandai nos comentários. Atualmente toca tambem na Debate e na Reffer) e Renato Ribeiro (Porto). É uma daquelas bandas que te fazem quebrar a cabeça buscando alguma definição simplista numa roda de amigos no bar, na porta de show, ônibus, metrô... e te faz ficar às vezes irritado, porque não é possível. Às vezes rola um “ah, é um som experimental” e se alguém pergunta “experi o quê?”, vai pro saco toda tua teoria. O importante é deixar claro que a banda consegue mandar um pé no experimentalismo musical e carregar um carater pop ao mesmo tempo. Mas bem, feita a breve introdução, o assunto principal não é esse e sim os 4 eps lançados pelo quarteto, vamos distrincha-los de uma maneira nunca vista com direito a link pra download e promo pra voce levar eles pra casa. Na ordem que achamos ser a cronológica:



Xaêra: gravado entre setembro e outubro de 2007 no Estúdio Damata por Bernardo Pacheco ( da Elma) e masterizado em maio de 2008 no Estúdio Capitania do Som (Aracaju) por Alex. Eis aqui o provável primeiro registro da banda. Na pegada mais experimental, neste registro o quarteto mostra receber influências de sons de bandas tortas como toe e Ghosts and Vodka no instrumental e criam letras trabalhadas de forma ambígua, que se o ouvinte não for atento, cai na bobagem de pensar que todas elas falam de amor. Sujeito Oculto ou Caminho Haurido abre o EP é uma das músicas mais complexas pelo lado da letra talvez, leva o ouvinte para uma provável caminho que a banda quer seguir nesse projeto. Dando abertura para os demais EPS que estariam por vim, parecer justificar os caminhos que os integrantes estão querendo seguir "Não vou mais, era sim e mais não. E parece sempre um passo perdido e promessas sem destas peças outra vez..". As Mesmas, segunda música, traz melodia marcante e letra forte: “As mesmas discussões/ E eu sempre mudo/ O meu humor as minhas implicações/ E eu dependo do seu humor/ Não disfarço, qual é o meu valor?/ Em moeda, qual é o seu valor?”. Santa Paciência fecha o terceiro trabalho dos paulistas, com versos tão vorazes quanto a anterior: “Só mais um gole/ É dose padecer/ Não disfarço, por isso eu ando só/ Só amanhã vai começar/ Um bloco de notas só pra registrar”.




Tchiquei: Foi gravado e mixado entre setembro e outubro de 2008 por Daniel Lima no Estúdio Damata. O segundo ep da banda, com nome difícil de pronunciar, traz uma pequena evolução em relação ao primeiro, principalmente nas letras. Parece completar o trabalho anterior, se as faixas participassem do mesmo álbum, não seria de se estranhar. No mesmo esquema, 3 faixas, 3 hits (desta feita, as três faixas realmente parecem ser hits). Começando pela primeira faixa, Compasso, a banda parece retomar uma influência math-rock, principalmente em suas melodias, que nesse ep, conseguem mesclar os momentos tensos e os mais leves das faixas com perfeição, sem que soe forçado ou emotivo demais. Música 2, Sempre a Paz, uma das minhas preferidas da banda, tanto pela letra quanto pelo o instrumental, o quarteto consegue fazer uma música sobre relacionamento, usar uma pegada mais 90’s e não esbarrar em uma emotividade banal, tão pouco previsível: “Discutir, insultar/ Desculpas já não servem mais/ Vou dormir viro pra lá/ A espera de você ceder /De manhã sem se falar/ E seu rosto sem sorrir/ Mais um duro dia/ Que não dure tanto/ Então eu canso/ Sempre você em prantos/ Tentando me segurar/ Para eu não ir/ Sem lhe dizer (tchau)”. Na terceira, Conjuntivite, a banda faz uma espécie de balada, a faixa mais leve, para encerrar o EP de forma bonita e sem que ninguém tenha motivos para colocar defeito. Detalhe que quem gravou a batera desse EP foi a lenda do rock alterna nacional Sérgio Ugeda (Das bandas Debate, Diagonal), não o Baballu.




Lalão: Este, gravado entre setembro e outubro de 2008 e mixado em Janeiro de 2009 tambem pelo Daniel Lima no Estúdio Damata. Soa muito bem , amarrando o projeto musical. São apenas 3 músicas e por conseqüência do pequeno número de faixas, as 3 tornaram-se conhecidas pelos fãs. A primeira, Agora Tanto Faz, segue uma linha mais experimental e leve, remetendo o ouvinte a bandas como toe, a letra e o vocal acompanham de forma sincrônica a melodia, em versos como: “Trago mais uma dose pra você se afastar. / E, tão logo, eu percebo que é tarde pra voltar./ E busco mais, já não me satisfaz e tão longe./ Agora tanto faz, já comecei tudo errado mesmo. /Agora tanto faz.”, na sequência, Diz Ter Certeza reforça a ideia da banda de que para eles, neste ep, o instrumental e vocal devem se casar de forma leve e que seja gostosa de ouvir, outra música com versos bem casados com a melodia e dessa vez, com solos poucos mais ousados em alguns momentos mais tensos da faixa, por fim, Pra Mim, a faixa mais experimental do disco, deixa tudo encerrado de forma que o ouvinte se pergunta “mas já? Cadê o resto, banda?”, e com este material reforçam a tese da letra de que: “um sorriso é o início de um novo começo”. Aqui as bateras também ficaram de crédito para o Sergio Ugeda gravadas no Estúdio 222, pelo visto Baballu nessa época tava com preguiça de trabalhar em estúdio (hahaha).




Obrigado Ténn: gravado em julho de 2009 no Damata, Estúdio 222 e Big Bong e masterizado em agosto Rafael Crespo (das bandas Planet Hemp, Polara, Aspen, entre outras). Este foi o último ep lançado pela banda até o presente momento, com arte maluca, nome difícil, 3 músicas, experimentação a flor da pele e letras ainda mais maduras. O EP começa com a melancolica e torta Cinza, já na primeira estrofe "Cinza é a cor do meu humor/ E o que passou e o que ficou/ E agora, algo mais?/ Nada mais, só lembranças de quando tinha cor". Já a segunda faixa levanta o ânimo geral, Tá bom parece um desleixo, com uma batera descompassada (Dessa vez gravada pelo Baballu). Mas o principal destaque vai para Pelo Reflexo, por sua estrofe repleta de poesia e melancolia embutida de forma sutil: “Meus 20 anos se passaram/ O seu 9 começou./ A mesma casa, a mesma rua./ Hoje tudo mudou./ Você espera que tudo vai voltar./ É difícil mas tenho que aceitar/ Um adeus./ Sem entender. Um outro adeus, sem discutir./ E o que me resta é engolir./ À seco, acertos,/ descontos, meus erros./ Distante, meus olhos, crescem ao te ver./ A pressa me atrasa, preciso correr”, Pelo Reflexo consegue terminar o último trabalho do quarteto, sem exageros, na dosagem certa de períodos tensos e calmos, e conseguindo sem forçar nada, que as variações destes, sejam feitas de maneira magistral.


É fato que os fãs da Gigante Animal sentem falta de um full lenght, mas aviso que já está a caminho. Porém, se voce juntar os 4 EPs ja funciona muito bem. Todos se completam de uma forma tão grande, que se essas 12 faixas saíssem juntas, não haveria problema nenhuma. Todas as artes da banda são feitas pelo irmão do Lucas, o Pedro Wirz, incluindo as artes bem legais das camisas.



Dai se vocês curtiram o som da banda, vamos ser camarada e sortear todos os EPS da banda juntos, a discografia da banda ate o momento todos de uma vez para voce! Uma pessoa vai começar bem o seu último mes do ano. Junto com os EPS ainda vamos tentar mandar um poster igual a essa imagem acima (espero que não chegue tão amassado). O sorteio vai ser feito no próximo dia 30 de Novembro, apos disponiblizarmos a nossa coleta do mês incluindo a faixa inédita que a banda fez pra última tour pelo NE "Sempre com Razão". O ganhador vai ser conhecido pelo esquema randomico do site sorteie.me com as pessoas que seguem o Tuitter do blog HominisCanidae, espero que funcione esse esquema randomico do site. Basta seguir o blog no tuiter, copiar e mandar no seu tuiter a seguinte frase que esta em negrito:


O @HominisCanidaee virou um @GiganteAnimal e está sorteando os 4 eps da banda mais um poster pra geral http://kingo.to/mIj #altnewspaper o/

Bom, é isso, espero que voces gostem do som da Gigante Animal e boa sorte nesse sorteio ai, um abraço!

Você também pode gostar

0 comentários