Documentário: Rip! A Remix Manisfesto (2008), para assitir no youtube...

por - 12:33


Em tempos de retrocesso da nova ministra da cultura Ana de Holanda quando fala sobre direitos autorais e o creative commons. Praticamente apoiando o ECAD e esquecendo toda discussão realizada pelo governo anterior. Caso você tenha interesse e estômago, basta ir a pagina do Ministério de Cultura e ler alguns textos. O que faz pessoas que normalmente andam juntas demonstrarem opiniões opostas, como no caso dos amigos de tropicália Caetano e Gil. Fui contemplado hoje com a lembraça para esse belo trabalho visual que tive o prazer de assistir no começo do ano passado.






RIP!: a Remix Manifesto (RIP!: um Manifesto do Remix) é um documentário canadense com cerca de uma hora e meia de duração, dirigido pelo ciberativista Brett Gaylor, e tem como foco principal a discussão acerca dos direitos autorais, propriedade intelectual, compartilhamento de informacão e a cultura do remix nos dias de hoje. Do documentário participam algumas figuras relevantes, entre eles o DJ e produtor Gregg Willis, conhecido no mundo da música como "Girl Talk", que trabalha com remixes e samples utilizando material com licença copyleft e creative commons. O criador da Creative Commons, Lawrence Lessig e o até então Ministro da Cultura no Brasil e já citado nesse texto, Gilberto Gil, dentre outras figuras.

Na oportunidade que tive acesso ao filme, fiz isso atraves do torrent que peguei Pirate Bay, mas a gatirra Rayo Bacelar, uma das responsáveis pelo belo blog Trafico Ilegal de Música teve a moral de reunir todo os links do documentário postados no youtube com legenda em portugues no post só! Agora voce clica AQUI e assiste o doc todo em streaming pelo youtube e se liga nas ideias do mundo virtual e no caminho retrógrado que a cultura brasileira ta tomando com essa nova ministra...

Você também pode gostar

0 comentários