Não perca o primeiro #Dis Experimental...

por - 11:44


Eis aqui um evento que estando em Sampa durante esse mês de Fevereiro eu não perderia! No próximo final de semana (05 e 06 de Fevereiro) tem inicio o 1# Dis Experimental. Evento promovido pela Casa Dissenso ( Em São Paulo) em parceria com Barulho.org e Ibrasotope, e com apoio da Norópolis (Coletivo Músical formado por integrantes da Hurtmold e da cena experimental paulistana) e de diversos artistas que irão apresentar projetos de vanguarda nas áreas de imagem e som. Este será o primeiro evento dedicado a música e vídeo reunindo oito projetos de destaque da cena experimental em dois fins de semana com entrada gratuita.

Aconselho muito o comparecimento ao evento para curtir as apresentações musicais de projetos experimentais vindos de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre entre outros locais do pais, como:

Objeto Amarelo
: Nos experimentalismos sonoros do músico e artista plástico Carlos Issa, o caos é a única constante, numa atmosfera construída com elementos de punk rock, breakbeat, noise, microfonias e ruídos claustrofóbicos.

National:
Cercados por sintetizadores, osciladores e filtros analógicos e digitais, Agnaldo Mori e Glauco Felix conduzem uma envolvente e agressiva sinfonia, repleta de desconstruções rítmicas e tonais, capaz de surpreender até os mais entusiastas do experimentalismo extremo.

N-1
: Duo formado por Alexandre Fenerich e Giuliano Obici explora performances audiovisuais, criando peças para ver-ouvir, improvisando com vitrolas, flautas, violão-relê, percussão, bateria eletrônica, laptop, tecladinhos baratos modificados, instrumentos eletrônicos caseiros, caixinhas de música, latas amplificadas, brinquedos e gadjets diversos.

-notyesus>
: A música eletrônica extrema de Rafael Sarpa e J.-P. Caron surge do gosto por aspectos sonoros limite, e trabalha o impacto corporal de sonoridades intensas e imersivas na expansão da percepção temporal.

>interzona<
: Egressos da cena experimental paulistana dos anos 80, músicos das bandas Akira S & As Garotas que Erraram, Voluntários da Pátria e Violeta de Outono se reúnem para revisitar seu repertório (e de seus artistas preferidos) com novos arranjos, dialogando com estéticas atuais como o pós-rock e o improviso contemporâneo.

Panetone
: Um dos principais expoentes brasileiros da música produzida com técnicas de Circuit Bending, o músico Cristiano Rosa recicla dispositivos eletrônicos em busca de uma sonoridade única e livre.

F? R!
: Barulhos delicados produzidos pelo artista Felipe Ribeiro que, inspirado pela filosofia da dança Butoh, procura captar através de sons a essência livre da expressão humana.

Duo Henrique Iwao-Mário Del Nunzio
:
Henrique Iwao e Mário Del Nunzio perseguem novos modos de se lidar com a eletrônica ao vivo, por meio de configurações pouco habituais, e com a performance envolvida na atuação musical. Já se apresentaram em diversos festivais e são os fundadores e diretores do núcelo de música experimental Ibrasotope.

Alem de todos estes projetos voltados para experimentação auditiva em alto nivel.O 1# Dis Experimental também contará com exibição de vídeos de vanguarda (de clássicos do grupo Fluxux e Duchamp), documentários sobre compositores contemporâneos e videos de bandas. Toda parte visualdo evento foi selecionada por Agnaldo Mori (National), Paulo Beto (ZEROUM e Anvil FX), Guilherme Barrella (Peligro) e Márcio Black (Barulho.org).

Além de toda essa programação em altissimo nivel e de Gratis, ainda acontecerá um debate sobre as perspectivas da cena experimental brasileira, no dia 12. Então é isso, durante os próximos dois finais de semana, você que estiver em São Paulo não vacile! Compareça a Casa Dissenso (Rua dos Pinheiros, 747) a partir das 17 horas e tenha uma experiência que eu espero que se repita durante os próximos anos. Aproveita tambem para ser solidário e faça doação de água e alimentos não perecíveis destinados a Cruz Vermelha, para assistência das vitimas de enchente no Estado do Rio de Janeiro...

Você também pode gostar

0 comentários