O Caminho das pedras para o Festival Recbeat 2011...

por - 14:43


Vamos tentar mandar esta semana algumas opções legais que irão ocorrer na época do periodo do reinado de Momo, o tão aclamado Carnaval. Antes de mais nada, preciso dizer que é triste ver que num estado onde a população é bairrista como Pernambuco, este ano a população não possa aclamar o carnaval como MELHOR DO MUNDO, porque ta bem longe disso. Triste ver tambem que o governo deste estado bairrista resolveu não valorizar a cultura e os artistas locais, chegando ao ponto destes musicos reunirem-se para um protesto formal contra a EMPETUR (0rganizadora do carnaval do Recife em 2011). Vale a pena entrar no Recife Rock e começar lendo o postCarnaval de Pernambuco 2011 ou Caldeirão/Olinda Beer? e depois ler toda clipagem de textos dos jornais locais ate o momento atual.

Esquecendo todos os problemas nos bastidores do carnaval 2011 do estado e da cidade do Recife, vamos falar do palco mais interessante dentro do carnaval o antigo polo mangue, hoje no Paço Alfandega, onde ocorre o Festival Recbeat, principal responsável por reunir o público alternativo que frequenta o centro histórico do Recife durante o carnaval. O festival chega aos 16 anos de vida e tenho que dizer uqe a melhor coisa da edição 2011 do festival para mim foi o Site. Realmente não entendi a escolha das bandas, nem a distribuição das mesmas. Porém, isso não implica no fato de que provavelmente será mais um ano de Sucesso para o festival. Sempre relembrado ao longo do ano e de anos anteriores pelo público que o frequenta e sempre retorna. Eu não sou mutio fã do brega que tomou conta em massa dessa edição do evento, mesmo reconhecendo que animado o estilo musical é.

Vamos então ao que interessa, não acho necessário tecer muitos comentários (vou tentar) sobre as atrações, ja que o site é supercompleto (alem da bela clipagem de todas as matérias sobre os envolvidos nesta edição) e contempla quem tiver interesse de saber o que se tratam as bandas, nos vamos aqui dar o caminho para o donwload das atrações (que encontramos disponiveis na net). Vamos então a programação...


SÁBADO – 05/03

20h00 Patrick Tor4 (SE): o sergipano tem um EP entitulado Batidas Tropicais (musica eletronica apimentada) que voce pode baixar Aqui.

21h00 Sweet Fanny Adams (PE): representante local, indie rock na linha das bandas que começam com The, sacai o bom EP Fanny, You're No Fun de 2008 enquanto o 1º disco não sai.

22h00 Lurdez da Luz (SP): melhor atração da 1º noite do evento, belo disco de estréia lançado em 2010, mesclando rap/ hip hop e soul com muita qualidade, baixai.

23h10 Baiana System (BA): mistura re reggae, dub, guitarrada, animado e com a cara do carnaval, saca a entrevista que Robertinho Barreto deu pro Eu Ovo e baixa o disco.

00h30 Spoek Mathambo Live & Spoek Mathambo DJ Set (África do Sul): mix de rap/ hip hop com discotecagem, não achei o disco deles pra download, so comprando $$! Saca o soundcloud do cara cheio de remixes.

DOMINGO – 06/03

20h00 Solis (PE): a cantora vai lançar o cd de estréia entitulado Camucais no festival, onde demonstra suas influencias latinas e africanas. O disco dela pra download AI.

21h00 Felipe Cordeiro (PA): eu realmente não consigo gosta de tecno brega, mas o novo cd deste camarada esta sendo produzido pelo André Abujamra, alguma qualidade ele deve ter. Saca o 1º registro dele ai, chamado Banquete e esta entrevista.

22h00 Guizado (SP): guilherme é um gênio tocando trompete, a banda dele é muito boa e tudo se encaixa bem, mas cantando NÃO DÁ! Os 2 discos dele e um bootleg pra download ai.

23h10 Kumbia Queers (Argentina): banda divertida que flerta com o eletronico misturado com a Cumbia e vira tecnobrega (so que ruim!), o disco Kumbia Nena! de 2007 pra download ai.

00h30 Mombojó (PE): a banda mais popular da nova safra musical pernambucana, lançaram um disco bom ano passado e o disco de estréia é um dos melhores da decada em varias listas. O show esta bem feito, equilibrado e bastante competente.


SEGUNDA – 07/03

20h00 Los Pirata (SP): banda rodada no rock nacional, conhecido por shows energicos e divertidos. O último trabalho dos caras foi numa banda de rock com andre abujamra, a Gork. Saca o último EP Les Show pra download no site dos caras.

21h00 Rhaissa Bittar (SP): Ok, estou BASTANTE curioso com o show dessa guria. As influências e sonoridade dela são ótimas, so não sei se combina com carnaval. Corre o risco de dispersar e ser o pior show da edição. O disco Voilà de 2010 pra download ai.

22h00 Handsome Furs (Canadá): a melhor atração da noite, a bandinha do cara do Wolf parade e a mulher dele fazem um indie rock com eletronico de 1ª linha. O 1º registro e o mais recente são bem legais. Saca a entrevista que O Grito! fez com Alexei Perry.

23h10 Odair José (SP): um dos melhores cantores de sua época, reencontrado e recriado em épocas virtuais com direito a tributo de varias novas bandas cantando suas musicas. Espero que ele cante algumas faixas do clássico Eu sou Assim de 1972.

00h30 Marcelo Jeneci (SP): uma das gratas revelações da música brasileira ganhando cada vez mais reconhecimento, faz seu debut no Recife depois do belo disco de estreia. Baixe Feito Pra Acabar e um bootleg pra sentir o clima dele ao vivo.


TERÇA – 08/03


20h00 Frevo Diabo (PE): banda pernambucana que vai representar o erudito e o jazz no festival desse ano. Sem perder a caracteristica popular do ritmo tipicamente pernambucano do Frevo. O ponto negativo da banda é que é contra o download e o roubo de navios Rapá $$!!

21h00 Criolina (MA): Duo maranhense que mistura a batida eletronica do drum’n'bass com ritmos regionais (a cara do reacbeat ne?!). Tem um um disco chamado Cine Tropical, sacai.

22h00 Ana Tijoux (Chile): a gatinha franco/chilena é a revelação da cena hip hop latino americana, tem alguns discos gravados (3 no grupo Makiza e 2 solos). Descolamos um Ep ao vivo dela pelo Itunnes pra voce sacar a vibe dela ao vivo.

23h10 Thalma de Freitas (RJ): figurinha carimbaba do carnaval pernambucano, gosta mesmo daqui nessas épocas, tem ate um video dea junto com a Fernanda Takai falando apos participar do Quanta ladeira. A Discoteca Nacional tem um Ep de 2004 dela pra download.

00h30 Comunidade Nin-Jitsu (RS): direto do sul, trouxeram uma banda com 16 anos para presentear todos os fãs de Miami Vice e fechando com chave de ouro (?) esta edição do festival. Provavelmente vai ser o show mais divertido desse ano com certeza (não falei que era bom!). Baixe Sou Blase no site da banda e a discografia AQUI e NÃO PERCA ESSE SHOW!

Bom, divirtam-se, usem camisinha e fumem menos!

Ps:não da pra ver essa grade e não achar que a Canastra, banda carioca em tour pelo NE nesse momento não merecia estar presente no evento, vacilo feio. O De Leve tambem ta pelo NE e não ter um rap nacional tambem fez falta.

Você também pode gostar

0 comentários