"Senhores, apertem seus tapa-sexos"

por - 11:15

Carnaval chegou! Vamos nos animar, afinal, daqui a uma semana o país vai voltar ao normal e vai esquecer este clima de férias até o próximo ano novo. Aí vamos poder voltar a reclamar da segunda-feira, do trânsito e do Domingão do Faustão, não é legal? Ok, talvez não seja...

Morando em São Paulo, o feriado do Carnaval se torna uma boa pedida pra fazer tudo que se imagina. Ah, mas vale lembrar que o transporte público não funciona e o trânsito te impossibilita de pegar o seu carro e galopar com seu motor de vários cavalos de potência. E tem também a chuva que não dá trégua e além de levar toda a sujeira da cidade pra passear, ainda te dá umas manchas estranhas na pele (saíram depois de uns banhos). No fim das contas, passeios neste Carnaval ficam mais restritos a assistir a bundaiada derretendo de glitter na televisão.

Ainda essa semana um professor perguntou na sala de aula “quem nunca sambou chapado num bloco de Carnaval por dois dias seguidos e depois vomitou os outros três?”. Quando não respondo a este tipo de pergunta, me sinto um aluno pouco empenhado na matéria. Nunca pulei Carnaval. É um termo engraçado, aliás. Até parece que Carnaval é uma daquelas estradas de brasa que os aborígenes pulam pra dizer que são machões nos documentários do Discovery Channel.

Voltando um pouco a pergunta do professor, uma mulher riu como se dissesse “finalmente alguém que me entende” e todo mundo dá uma risada coletiva, daquelas que você vê no Chaves ou em algum seriado americano. E a conversa se estendeu por um bom tempo até alguém começar a demonstrar suas habilidades carnavalescas, que pra mim pareciam mais um ataque epilético misturado com jazz moderno. Por fim, o professor reparou que no fundo, tinha criado um monstro do qual não podia dominar. Todos não paravam de falar suas opiniões sobre o Carnaval, de experiências em outras festas populares aos bailes de máscara mais sofisticados de algum país europeu cheio de frescura.

Em todo caso, aproveite esta data religiosa tão importante para nós Brasileiros, afinal, fazemos o PIB crescer com a exportação de travestis pra Itália e com o monte de gringos que torram a grana com as profissionais do entretenimento adulto... sim, estou falando das atendentes de telemarketing.

Você também pode gostar

0 comentários