A Marcha da Liberdade é apenas a ponta do Iceberg

por - 11:16



Antes de iniciar o texto, queria deixar algumas coisas claras: o altnewspaper é um espaço bem voltado à cultura, porém seria muito imbecil de nossa parte deixar que algo tão vergonhoso passasse em branco. Não sei, mas ao que tudo indica, a revolução não será televisonada, mas sim, twittada.

Após vários e vários meses apenas perdendo cabelo, ficando sem dormir e sentindo meu olho pulsar, resolvi colocar pra fora uma coisa: a indignação por morar em São Paulo. Não venha falar que não tenho amor por toda essa merda, muito pelo contrário, gosto dessa cidade a ponto de querer que ela pare de andar na contra mão. Primeiro, o Kassab, pior prefeito que já presenciei na minha vida (nem o Tiririca conseguiria gerir tão mal uma cidade), depois desembargadores e governadores reacionários com discursos pseudo democráticos. Ora, democracia, senhor?

Paulistano tem mania de bater no peito e demonstrar orgulho por morar nessa cidade que exala mais monóxido de carbono que cigarro. Até aí tudo bem, cada um pode dizer o que quer, na hora que quer. O problema é quando essa demonstração de regionalismo torna-se motivo para se sentir superior intelectualmente, como é o caso. Cidadãos dizem que nordestino é isso e é aquilo, que é tudo burro, mas parece que não é bem assim. Julgo acéfalas pessoas que pensam reter todo o conhecimento do mundo e elegem Kassabs, Alckmins e Serras para representar a cidade mais importante economicamente do país. Economicamente, talvez aí esteja o grande problema daqui. São Paulo parou no tempo em todos os aspectos: liberdade, democracia, transporte, segurança, bom senso, saúde e educação. Tudo neste amontoado de prédios gira em torno do cifrão. Ou aumentar a condução de ônibus e não justificar o porquê não é uma atitude que justifique o que foi dito? Ora, vá à merda!




A Marcha da Maconha que ia acontecer semana passada e a atitude lamentável da Polícia Militar foi só o que a mídia conseguiu absorver e retratar dessa gestão incompetente e reacionária que está em São Paulo há 16 anos. O Maluf roubava mais fazia, o Pitta ao menos tinha uma música no charges.com e você, Kassab, o que tem? Uma casa que foi construída ilegalmente ou apenas vontade de ver o povo em filas enormes de hospitais públicos com leptospirose adquirida na enchente, porque o senhor, honorário prefeito, demitiu muitos garis? A Marcha da Liberdade censurada, sim, censurada, veja só, que termo 1969, está mostrando o quê estão fazendo conosco. Qual é o próximo passo? Escrever metáforas e esperar nascer um novo Geraldo Vandré para fazer um hino para a DITADURA PAULISTA? Parece que não está tão longe.

É com muita tristeza, entretanto, com muita convicção que afirmo, sem o maior medo de me arrepender, depois de tudo o que aconteceu desde os escândalos do tipo "vagabundo" e do aumento da passagem de ônibus sem justificativa alguma até a repressão violenta e a proibição da Marcha da Liberdade, tenho vergonha de ser paulista e mais ainda, paulistano. Apenas espero o próximo ato: a perseguição a ateus, budistas, freqüentadores do candomblé e umbanda, muçulmanos e etc., alegando apenas, a higienização da população. Descanse em paz, democracia.

Você também pode gostar

0 comentários