Lambda Lambda Lambda: café e nerdcore

por - 12:44



Imagine um som considerado pela própria banda como “nerdcore”. Tem como influência e produto básico dos integrantes da banda, café (e não no termo indie que isso adquiriu nos dias atuais). Tá aí a melhor definição para dar ao Tri-Lambda, banda paulistana que lançou esse ano o disco Cold Wind High Sun.

Neste novo álbum, a banda está mais madura que no seu lançamento de 2006, homônimo e com uma capa bem classuda. O Lambda Lambda Lambda tem como integrantes: Fernando, guitarra e voz, Wash (Eu Serei a Hiena) no baixo e na bateria o Barata (Sick Terror, Test).

A primeira música de Cold Wind High Sun é Coffee Bla, só para deixar claro que eu não estava mentindo quanto ao lance do café. A letra, linha vocal e instrumental seguem uma junção de ótimas influências: Superchunk, punk rock, hardcore e indie dos anos 90.





Alguns momentos do disco me fazem lembrar bastante da finada Lifetime (e aqueles dois lançamentos geniais, Hello Bastard, Jersey's Best Dancers) que influenciou inúmeras bandas brasileiras e gringas, principalmente pela linha vocal de Fernando em algumas faixas, como em Trains e It’s okay now, está última, tanto a letra quanto o instrumental, flertando com o rock alternativo noventista.

Young Rust é a quinta música e com seu instrumental animado, acompanhado por um piano, da um toque bacana ao conjunto da obra e antecede o sexto som, Idiot Reggae, que segue também a linha proposta desde o começo: café, Descendents e Superchunk. Na sequência, com direito a gaita, Waterfalls. Under The Sun é basicamente uma continuação da sétima música, se prestar atenção, os títulos estão relacionados e o elemento até então novo em Waterfalls, continua presente na oitava faixa do disco, contudo, é bom alertar que essa é uma das faixas mais pesadas do disco.



Tri-Lambda - Espaço Impróprio, filmado por Wagner Franco


Bed Times começa uma espécie de bloco que indica o fim do álbum, apesar de sair do clima pesado e eufórico da faixa anterior, traz um pouco mais melancolia e um vocal menos rasgado, da parte de Fernando, mas não tira toda a essência da obra. City Fools, é mais calma que Bed Times e novamente, a voz que lembrava bastante Jawbreaker e Lifetime, tomou um ar mais tranquilo. Worm Wood, última música, é aquela clássica faixa para encerrar um disco, sabe? Traz novamente todos os elementos que foram marcas registradas de Cold Wind High Sun e acrescenta uma felicidade e talvez a letra mais Descendents das 11 presentes.

O álbum chama atenção por não ser cru como se espera de uma banda que tem tudo o que já foi falado como influência e é aí que está o diferencial, soa único, mas traz a dose certa de nostalgia e relação com aquele monte de grupo já citado.



Lambda Lambda Lambda - Under the sun
Se você não conhece o Tri-Lambda, vale a pena ouvir, é como foi dito desde o começo: indie dos anos 90, punk rock, Descendents, café e o rótulo de nerdcore.

Você também pode gostar

4 comentários

  1. >O Barata é desta banda aqui:http://www.hominiscanidae.org/2011/02/der-quando-esperanca-desaba-2008.html

    ResponderExcluir
  2. >Barata toca no TEST e tocou no Sick Terror também, né? Ou é viagem minha?

    ResponderExcluir
  3. >Tambem, mas antes já era do D.E.R., e continua lá. O Sick Terror mesmo já não rola faz uns 4 anos, que eu saiba.

    ResponderExcluir
  4. >Ilustrando:http://www.youtube.com/watch?v=MRu3_kzokmw

    ResponderExcluir