Umnavio por mais seis meses no mar

por - 17:17



Desde que conheci umnavio a banda me acompanhou por um bom tempo da minha vida. De 2009 para cá (com muito mais ênfase no primeiro ano citado) passei cerca de 4 horas por dia riscando um EPzinho que gravei, imprimi a capa e fechei, fora as inúmeras reproduções em dispositivos móveis: iPod (descanse em paz), Shufflefake (vai para o inferno) e por fim, iPod. E ontem, abrindo o HominisCanidae, vi o novo EP que confesso estar aguardando com certo entusiasmo.

Mais Seis Meses no Mar
é o nome do novo lançamento dos mineiros, são cinco músicas com uma sacada bem legal: todas possuem siglas de estado ou país após o nome, por exemplo, a primeira faixa, Alaska/US, que já era conhecida do público, bem como Descanso/SC.

O EP segue na linha do primeiro lançamento da banda: “Sete Coisas Que a Gente Guarda no Bolso”, as levadas instrumentais, as letras ora pessoal, ora mais abrangente. Alaska/US da um tom mais alegre ao disco já em seu início e creio não precisar falar muito dessa faixa, tendo em vista que ela foi lançada no youtube tem um tempinho, mas se serve de consolo: é uma ótima abertura.





Grenoble/FR vem mais na linha American Football do EP anterior, porém, sem cair na repetição e no óbvio, a letra fala sobre a viagem do vocalista Lucas à França: “Faz eu parar de pensar tanto nisso, preciso ter um tempo e concentrar pra estudar como é que faz pra eu não me preocupar tanto? Eu pedi ontem pra parar de pensar.  Como eu queria me preocupar... sinto falta de olhar pro nada.”, e agora o título acaba fazendo todo sentido no mundo para quem não tinha sacado.

Descanso, como já foi dito, é conhecida dos fãs também. Era um single e ponto, fiquei até surpreso quando a vi aqui, regravada – com uma qualidade melhor que a anterior. Para quem gosta das faixas mais “românticas” do umnavio (só para não usar o termo melódico) é uma boa pedida, que contém versos como “me diz onde você vai estar amanhã, pra eu não ter que procurar pela cidade inteira” e “Cansei de fingir que não me canso de te esperar”.


Green Bowl/AL é, para mim, a melhor faixa do álbum. A mais calma com um vocal que grita em momentos extremamente necessários, talvez o que tenha me conquistado aqui foi a maneira clara de expressar o sentimento através da canção... “Não da mais pra eu ficar pensando o dia inteiro num jeito de voltar a não sentir mal contigo. Desisto, agora é hora de pensar se o jeito é começar de novo. Isso tudo me parte o coração. Claro, o melhor seria dormir sem pensar tanto em desistir e correr bem mais que o joelho aguenta, correr bem mais pra deixar tudo pra trás”.




A última música de “Mais seis meses no mar” é Santos/SP. Começa com o sampler de um filme (se alguém souber qual, por favor, comentem aqui) e traz consigo um instrumental mais pesado que as anteriores. Sabe aquela clássica faixa que fecha o álbum? Mais densa e pesada que o restante do disco? Então, a quinta canção é exatamente isso e conta com uma boa letra também: “Chama pra sair, mas pelo estado que eu estou melhor deixar para amanhã. Ah não! Amanhã já tem jogo do peixe. Só assim pra não ter tempo pra pensar na gente já que não há mais ‘a gente’”.

O novo EP do umnavio é um daqueles discos que você não pode deixar passar batido. Caso seja fã de American Football, Owen, Cap’n Jazz, Joan of Arc e outros projetos dos irmãos Kinsellas, faça o favor de baixar o álbum que não irá se arrepender.

Você também pode gostar

4 comentários

  1. Gustavo Lamounier9 de agosto de 2011 14:36

    >Gostei muito do novo EP!E o sample de Santos acho que é do lord of the flies...e no alaska é o classico goonies! rs

    ResponderExcluir
  2. >isso mesmo, Senhor das moscas! E a musica Greenbow/AL é sobre o Forrest gump, tanto que essa cidade só existe no filme!

    ResponderExcluir
  3. Lucas Vasconcelos9 de agosto de 2011 20:30

    >Gostei demais da resenha, de verdade.Lucas

    ResponderExcluir
  4. >EP na medida, até a tampa, dando aquele gostinho de "vai derramar".Resenha excelente e com ótimas citações que remetem ao som.Meus caros, temos o nosso Algernon Cadwallader brasileiro!=)

    ResponderExcluir