Começa hoje o Nublu Jazz Festival

por - 13:12





Eu realmente passei a amar o SESC desde 2009, quando comecei a ter contato com umas coisas bem mais tortas do que estava acostumado a ouvir. Ano passado rolou o Jazz na Fábrica que levou muita gente boa para a unidade da Pompéia. Este ano, logo agora em fevereiro, vai rolar o Nublu Jazz Festival, festival criado em 2009 pelo clube e gravadora homônima, localizada em East Village, New York City (só porque quis gritar igual o 50 cent em 21 questions).

A atração principal do evento é a Sun Ra Arkestra, que tende a incorporar todo o jazz cósmico e bem doido, muito louco mesmo, do eterno músico Sun Ra. Mas não pára por aí, o MarginalS, tocará com o Rodrigo Brandão, o Wax Poets, com a Tulipa Ruiz, a N'Dea Davenport com o Celectrixx e o Dom Salvador com a Abolição.




Cá entre nós, é um baita evento, principalmente por se tratar de um começo de ano. Para te poupar de ir até o site do SESC, resolvemos pegar as informações e colocar aqui, bem como os dias de cada show. Cola lá, mano.







Marginals+ Rodrigo Brandão (BRA) & Wax Poetic (EUA) + Tulipa Ruiz (BRA)
Dia(s) 09/02 Quinta, 21h30.

O Marginals, trio formado por Thiago França (sax e flauta), Marcelo Cabral (baixo) e Tony Gordin apresenta o trabalho embasado naquilo que chamam música livre, repleto de referências a nomes como Mulatu Astatke, Fela Kuti, John Coltrane, Archie Shepp, Ornette Coleman e Miles Davis. Rodrigo Brandão é o convidado do grupo para esta apresentação.Em seguida, a banda novaiorquina de trip-hop Wax Poetic, fundada pelo músico turco Ilhan Ersahin (sax, teclados) e formada também por Gabriel Gordon (guitarra e voz), Tina Kristina (baixo), Kenny Wollensen (bateria), Zeze Zima (guitarra) e Sissy Clements (vocal) apresenta um show baseado no seu mais recente álbum. A convidada dos novaiorquinos é a cantora paulista Tulipa Ruiz.




N’Dea Davenport + Celectrixx (EUA/JPN) & Dom Salvador + Abolição (BRA)
Dia(s) 10/02 Sexta, 21h30.

A cantora e compositora pioneira do acid jazz N'Dea Davenport apresentará uma retrospectiva de sua carreira, desde as passagens pelo The Brand New Heavies até a carreira solo, culminando no duo multimídia Celetrixx, parceria com o produtor musical Katsuya, de Tóquio e cujo trabalho engloba de dub rhythms, batidas eletrônicas e soul. Na sequência, o arranjador Don Salvador e o grupo Abolição mostram o seu repertório atrelado às origens da black music brasileira passeando pelo funk/hip hop, pela bossa nova, jazz, rhythm & blues, agregando a MPB, o samba e o sotaque nordestino ao som de nomes como Stevie Wonder & James Brown.

 



Sun Ra Arkestra (EUA)
Dia(s) 11/02, 12/02 Sábado às 21h30 e domingo às 17h.

Sessão extra no domingo, dia 12 às 17h. O conjunto mostra o trabalho ligado à herança de Herman Poole Blount (que abandonou seu nome de nascença para assumir a identidade de Sun Ra, o deus sol egípcio), compositor, bandleader, pianista e poeta associado ao afro-futurismo e conhecido pelas suas complexas filosofias 'cósmicas', suas composições e performances cheias de teatralidade. Num hibridismo entre tambores, africanidade, be-bop, expressionismo livre e swing, a 'Arkestra' , de 15 integrantes recorre à composições que Sun Ra escreveu para big bands.



Informações

Quando? Do dia 08/02 até 12/02
Quanto? R$32,00 (inteira) / R$16,00 (meia) / R$8,00 (carteirinha de comerciário)

Onde? Rua Cléia, 93 - Pompéia

*Todos os shows são na Choperia. Por vender bebida alcóolica, o ambiente é considerado uma casa noturna e tem censura de 18 anos.

*²Um dia antes de cada show em São Paulo, respectivamente, dia 08/02 (Marginals+ Rodrigo Brandão (BRA) & Wax Poetic (EUA) + Tulipa Ruiz (BRA), dia 09/02 (N’Dea Davenport + Celectrixx (EUA/JPN) & Dom Salvador + Abolição (BRA) e dia 10/02 (Sun Ra Arkestra (EUA), rolarão as mesmas atrações com classificação de 16 anos no SESC Ribeirão Preto. O preço é de R$10,00 (inteira) / R$5,00 (meia) / R$2,50 (carteirinha SESC).

Você também pode gostar

0 comentários