Diário de Bordo Constantina SXSW: Papa-léguas #11

por - 14:08

paisagem

Chegamos ao décimo primeiro relato dos mineiros da Constantina em sua turnê pelos Estados Unidos da América. Esse texto ficou por conta do André que contou como foi passar na divisa entre os EUA e o México. Claro, eles pararam ali e bateram um rango apimentado. Ouçam 'Santa Rosália".



Deixamos para trás L.A., com sentimentos adversos sobre a cidade, como deu pra sentir no post anterior, e partimos pra uma longa viagem rumo a Phoenix/Arizona, nossa próxima parada para o merecido descanso até nosso destino final, Austin/TX. Dessa vez, não teremos shows pela noite, mas a música sempre presente nos acompanha no rádio da van.




[caption id="attachment_12644" align="aligncenter" width="610" caption="Na Van"]Na Van[/caption]

Entramos de vez no deserto que nos acompanhará pelos próximos 3 dias e nessa parte da viagem a paisagem realmente encheu nossas vistas. Acompanhamos a transição do visual duro da metrópole para o amarelo do deserto, sempre pontuado pelo azul intenso do céu sem nuvens, numa paisagem particularmente estimulante para nós brasileiros, quase sempre acostumados com o verde nas estradas. Aqui, elas são sempre retas, infindáveis e planas, cercadas por uma cadeia de montanha ao fundo. Algumas têm até neve no topo. Uma fazenda de infindáveis moinhos de vento nos acompanhou por várias milhas, mostrando a já presente (e talvez um pouco tardia) preocupação dos americanos em procurar formas alternativas de energia não poluente. Pelo caminho, alguns pontos turísticos musicais conhecidos, como a cidade de Indio, na divisa da Califórnia com o Arizona, terra do famoso festival Coachella.







Interessante também o contato mais próximo com o interior rural dos EUA, contrastando com a bagunça da metrópole que acabávamos de deixar. Um rápido almoço em um posto de gasolina no meio do deserto e uma esticada de pernas no pátio numa partida de um esporte que improvisamos. A influencia da cultura mexicana também é notada, pois estamos na divisa entre os dois países, e a pimenta tipica do México sempre acompanha qualquer cardápio, mesmo em pratos tipicamente americanos




[caption id="attachment_12649" align="aligncenter" width="610" caption="un poquito de pimienta.."]un poquito de pimienta..[/caption]

[caption id="attachment_12650" align="aligncenter" width="610" caption="y un poco de alegría para calentar los juegos!"]y un poco de alegría para calentar los juegos![/caption]

Na nossa van apertada nos organizamos como ovos em sua embalagem de isopor: imóveis, cada um em seu lugar. Mas o clima da viagem está bem divertido, com um concorrido espaço pelo posto de DJ do carro, para nos impulsionar pela longa viagem que ainda nos resta. E sempre os olhos e câmeras virados para as janelas, congelando a paisagem em nossos sensores e também em nossas memórias. O dia de amanha ainda será de muito chão. Temos muitas léguas pela frente e o deserto como companheiro. Certamente não poderemos perder a oportunidade e gravar um video nessa paisagem!


André Veloso e Constantina

Você também pode gostar

0 comentários