Como foi: Woo-hoo! apresenta Cidadão Instigado no Recife...

por - 14:09

No último sábado aconteceu um dos eventos independentes mais bacanudos deste ano na região metropolitana do Recife (no caso, Olinda). Foi a estreia da produtora Woo-hoo! que ja começou de uma maneira bem grande. As cidades de Recife e Olinda sofrem com espaço de médio porte para shows, ou o espaço é muito grande ou é muito pequeno. Sendo assim, o Mercado Eufrásio Barbosa não ficou lotado com as mil pessoas que compareceram por lá para acompanhar os shows das bandas Nuda e Cidadão Instigado, além da discotecagem de Roger de Renor. Provavelmente a maioria dos presentes deve ter achado a estrutura do evento surpreendente e o profissionalismo como toda a noite aconteceu também. A seriedade da produtora em exigir carteira de estudante e realmente vetar menores de 18 anos, parece bobeira eu falar disso (ja que deveria ser o obvio né?!), mas você não vê isso acontecendo em shows independentes por aqui. Na estrutura interna, diversos bares espalhados em todos os ambientes, local pra tirar fotos, stands bonitos, tudo muito bem organizado e bem feito. A estrutura do palco foi um show a parte, foi o melhor som que já tive oportunidade de presenciar no Eufrásio (que tem uma acústica bem ruim!). A iluminação também estava muito bonita, espero que a produtora mantenha esse alto nível de qualidade!


Vamos falar dos shows, quem abriu os trabalhos da noite foi a banda pernambucana Nuda. Era meia-noite quando o grupo subiu ao palco para tocar algumas músicas de seu último disco "Amarénenhuma", que mistura MPB, samba e rock.  Porém, ao longo de cerca de quarenta minutos o que se viu foi uma verve rock em praticamente todas as músicas tocadas. A apresentação contou com a participação do percussionista Carlos Amarelo, a banda estava feliz e bem a vontade no palco e o show serviu realmente pra abrir a noite. Antes de acabar o show, Raphael Pinteiro (vocalista da banda) falou da alegria em estar ali, de estar abrindo pra uma banda que o grupo admirava muito e agradeceu a atenção e presença do público, dai então tocou o hit maior que dá nome ao disco e colocou todo mundo pra dançar, terminando o show em altíssimo astral e aquecendo todo mundo para o que estava por vir.


Após cerca de uma hora de discotecagem do DJ Roger de Renor, que manteve o clima deixado pela apresentação dos pernambucanos da Nuda, foi a vez dos cearenses da Cidadão Instigado tomarem conta do palco e  da noitada. O show que durou cerca de uma hora e meia foi bastante emocionante e muito bom! Teve inicio com uma música nova (era isso né?!) meio anos oitenta, achei o instrumental muito bom, deve aparecer no novo disco do grupo. Depois o repertório do U-huuu!, lançado em 2009, tomou conta da apresentação, dividindo espaço com as principais canções do método tufo de experiências, inclusive faixas que o grupo não tocava faz tempo, como Te encontrar logo. O grupo tocou também uma música do Ciclo da Dê.Cadência, uma das mais legais do disco, mas sinceramente não me recordo o nome. É sempre bem interessante ver um show da cidadão, porque com o u-huuu! eles demonstraram que dá pra ter um som pop, com letras que grudam, sem deixar de experimentar bastante musicalmente. Inclusive, conseguiram popularizar ainda mais algumas músicas do método tufo com letras não tão simples, como Urubus, O pobre dos dentes de ouro, etc.


Alguns destaques da performance do grupo: Fernando Catatau dizendo emocionado que a canção O Tempo foi feita para sua Mãe (lembrando, ja era madrugada de domingo, dia das mães). A sequência de hits do último disco que inicia um carnaval fora de época com a canção Homem Velho, que eu consigo nitidamente ver sendo cantada por um Durval lellys (do Asa de Águia) e sendo sucesso do carnaval da Bahia, aquele refrão anima todo mundo! Lembro que disse pro Hugo (do O Inimigo) que não consigo gostar do axé indie que algumas bandas tentam passar em shows, mas eu acho que o problema é mais dessas bandas do suldeste que tentam isso, soa meio forçado. Acho que pra bandas nordestinas dos anos noventa, como o Cidadão, isso sempre esteve tão próximo que parece uma influência indireta bastante natural. Outra coisa foda na Cidadão Instigado é o entrosamento da banda, os caras se entendem muito bem, a coisa flui muito naturalmente ao vivo. No final das contas, todos os presentes devem ter ido pra casa bastante contentes, pois o repertório foi bem feito para os que estavam ansiosos por conferir os hits da banda ao vivo. Particularmente, eu esperava escutar algumas canções inéditas, estou curioso com o próximo passo do grupo, mas o show foi realmente muito divertido! Agora é esperar que não demore muito pro grupo voltar ao estado tocando junto...


PS: Todas as fotos do fofo Dui Aguiar!

Você também pode gostar

4 comentários

  1. maria isabel downey15 de maio de 2012 12:03

    "fofo"! <3

    ResponderExcluir
  2. Esse foi um senhor show!!!

    ResponderExcluir
  3. os créditos da foto foram um momento social1, né?



    valeu demais a presença de vocês. foi essa força da galera que fez o evento ser mais legal. que venham os próximos.



    rafael

    ResponderExcluir
  4. Pô, o Cidadão tocou aqui (Natal) no encerramento do MPBeco, festival de canções autorais. Mas o tempo foi curto. Gostaria muito de ver um show com 1h30. Mas sinceramente, não tenho esperança. Em Natal não.

    ResponderExcluir