Lavando a louça me divirto e escuto mais música do que jogando Song Pop...

por - 14:09


Tava de bobeira nesse último feriado que teve (o de Corpus Christis), que pra quem não sabe aqui no Nordeste é tradicionalmente trocado pelo dia de São João. Isso mesmo, ninguém ta nem ai pros mortos, o lance é soltar fogos, comidas calóricas de milho, dançar forro encoxando gerals e quem sabe comer de novo mais tarde. E eu até tentei trabalhar, mas a chuva e a falta de energia me impediram de desenvolver atividades de pesquisa mais acadêmicas. Resolvi então me entregar ao que parece ser o novo vício do pessoal, um joguinho chamado Song Pop que só soube da existência por conta do twitter outro dia. E sinceramente, não vi esse bicho todo no joguinho não. E olhe que passei boa parte do meu feriado praticando o negócio, evoluindo lá nas músicas de 10 segundos e tudo mais. É legal entender o seguinte, o fato de você ganhar do seu oponente não significa que ele não conheça a música ou você entenda mais que ele. É uma questão de nervos e de associação rápida (aliada a boa internet).  Aqui vão cinco constatações/opiniões sobre o joguinho pseudo-divertido:


1. O meio-conhecimento: o lance divertido aqui é o confronto com os jornalistas e músicos de banda que você tiver entre seus amigos do Facebook. Isso mesmo, se você jogar com um integrante do Dead Fish (ou qualquer outra banda punk/hardcore) no estilo punk e ele perder mais de 3 vezes seguidas pra você, provavelmente ele deveria ser integrante da banda Cine ou do Nx-zero, que dizem fazer hardcore, mas não sacam nada do assunto! O mesmo se aplica aquele critico musical de primeira linha, que fala mal de todas as bandas indies. Cai pra dentro no “indie rock” com esse individuo e vê se ele realmente conhece 10 segundos do som! Aqui tem um fator importante: no jogo só estão os tais “hits” dessas bandas, então o camarada pode ganhar de você sempre e não ter escutado mais que as músicas conhecidas da bandinha tal. Eu mesmo me arrisquei nisso com o D Mingus, cantor Folk Rock do Recife, perdi praticamente todas pra ele no estilo “Classic Folk Rock”, ou seja, o bicho entende mesmo do assunto!


2. Alimente o vicio: isso mesmo, se você quiser persistir perdendo seu tempo nesse joguinho, mais importante do que bater seu adversário é você acertar as respostas para liberar novas músicas. Sem isso não dá, o jogo fica um saco, por mais que você seja mais rápido ou se arrisque para continuar ganhado o duelo. Pelo que entendi você também pode liberar um novo estilo musical todos os dias (pelo menos dos mais baratos), isso pode ajudar a manter o interesse na brincadeira por um pouco mais de tempo, principalmente se você abrir estilos musicais diferentes ou de outros países.


3. Perigos do mundo moderno: a internet é um ambiente rápido, hoje em dia tudo passa numa velocidade fugaz, mas daí a reduzir uma música ou artista a 10 segundos é demais! Espero realmente que o joguinho não seja um tiro no pé de algumas bandas, pois do mesmo jeito que pode atrair também pode repelir. Tentar vender e trazer a moda os clássicos dos anos oitenta ou o Modern Rap americano pode não funcionar, principalmente quando os clássicos dos anos oitenta são longos e os raps americanos novos são todos muito parecidos e chatos. Outra coisa, certeza que algumas bandas espalhadas nas categorias não têm cacife pra estar no jogo e provavelmente é algum produtor tentando vender a banda, acho que não vai funcionar hein?!


4. Os artistas principais e repetitivos: Madonna e Michael Jackson dominam os anos oitenta. Em Love Songs, de cara é Brian Adams e a Whitney Houston que comandam. Em Modern Rap aparece uma galera nova logo de cara, e no meio um Kanye West e o Eminem. Fiquei impressionado com a quantidade de Bad Religion e Blink 182 que aparecem na categoria Punk, já esperava ver bastante de Ramones, Sex Pistols e The Clash. No Rock Clássico, Queen aparece muito junto com o Led Zeppelin. Alternativo dos anos 90 é Pearl Jam, Radiohead, Nirvana e Crawnberies a dar com pau. Em Classic Folk Rocks, Beatles e Bob Dylan lideram o random por lá, no meio do caminho rolam alguns clássicos do estilo também. No indie rock, Arcade Fire é uma das que mais bombam, fiquei chocado quando ouvi Explosions In the Sky por lá (procurei e não achei uma categoria instrumental). O rock anos 2000 é uma desgraça, as bandas que mais aparecem são Foo Fighters e Linking Park, da até agonia! Jazz é classudo, Nina Simone, Miles Davis, Louis Armstrong, Chet Baker, todos aparecem desde o começo, foda é ouvir apenas 10 segundos. O fator positivo desses “estilos” é que todo mundo (ou eu tenho bons amigos?!) manda mal em Today’s Hits, deixando claro que a música pop atual é uma bela porcaria realmente. O mais estranho é que as bandas se misturam em algumas das sessões, de uma forma um tanto bizarra!


5. Bandas ruins de um hit só tentando voltar pro mercado, prefiro que fiquem no zoológico: os únicos artistas que realmente saem ganhando com esse joguinho são os que conseguiram sucesso apenas em uma canção. Aquele momento de sorte/oportunidade que apareceu e eles tentaram aproveitar ao máximo, tipo aquela banda brasileira que canta Tropa de Elite e eu não lembro o nome. E tadinho dos caras, eles nem aparecem no jogo (pelo menos, não nas categorias que liberei por lá). Falo dos hits únicos americanos mesmo, aquelas músicas chatas que você cresceu sendo obrigado a escutar, normalmente por elas serem a canção principal do filme X ou Y e marcarem o ano, esse tipo de besteira que tentam enfiar goela abaixo em todo mundo, tipo a música do Titanic.


Pra finalizar, entre Song Pop e lavar os pratos, escolha lavar os pratos. Papo sério, ligue seu som ou utilize o som do seu computador/ipad/iphone iqualquercoisa, coloque num volume alto e algum disco legal pra ouvir. Espero muito que sua caixa de som ou fone sejam bons, daí você realmente irá apreciar o disco e as músicas por inteiro da banda ou bandas que escolher escutar. Lembrem que a obra é sempre maior que uma música, a não serem aquelas bandas de um hit só, mas continua sendo muito mais interessante ouvir um conceito do que uma canção. Imagina ouvir apenas 10 segundos da música para resenhar um disco ou banda?! Não que o jogo seja de todo ruim, mas se você já passa o dia todo vendo coisas inúteis na internet (esse post é um exemplo), você não precisa dele pra seguir adquirindo qualquer cultura inútil!


Você também pode gostar

4 comentários

  1. Finados é em novembro.. :/ ( Corpus Christis é outra parada...)

    ResponderExcluir
  2. Diego Albuquerque14 de junho de 2012 13:21

    Mas tem a ver com gente morta ne?! Vi a galera falando de Jesus e etc!



    Saco nada de feriados! :P



    hahahaha

    ResponderExcluir
  3. Diego só quer que o feriado chegue logo, hahaha. Foda-se a comemoração.

    ResponderExcluir
  4. Como tem gente "azeda" no mundo ....

    ResponderExcluir