#TerçaGringa: Conheça o experimental do The Skaters

por - 11:08

Skaters


Dando continuidade naquela velha ideia de compartilhar som gringo e estranho, chamamos o Thiago Miazzo, que tá naquele novo selo bem experimental com o Cadu, o TOC. Ele também é adepto a ouvir umas coisas bem loucas e tá com um projeto novo, chamado Caldo Verde. Um noise ambiente bem fodão, que você pode baixar lá no Hominis, na faixa. Bom, ele escolheu o Skaters para dar uma animada (ou não) na terça de vocês e daqui pra baixo, todo o texto é dele. Boa viagem!


Em 2004, James Ferraro e Spencer Clark formaram o The Skaters, um duo que poderia ser apenas mais um nome em meio à rica cena experimental californiana, mas graças à inquietação de seus integrantes (em especial James Ferraro), acabou ganhando o status de cult. Até julho de 2011, a discografia completa da dupla havia alcançado a marca de absurdos 119 álbuns, divididos entre lançamentos sob a alcunha Skaters, discos solo e colaborações. Listar todos os projetos tornaria a leitura desse texto um tanto quanto cansativa, e de certa forma, anularia uma das coisas que o duo tem de mais interessante: a incrível capacidade de aguçar a curiosidade do ouvinte, fazendo-o mergulhar na vertiginosa viagem que é acompanhar o ritmo dos lançamentos. Conhecer a fundo a obra produzida por Ferraro e Spencer exige um bocado de pesquisa e dedicação.


Enquanto Spencer se mantém focado em três projetos (Black Joker, Monopoly Child e Vodka Soap), Ferraro é o mais agitado, lançando álbuns sob uma série de pseudônimos - a maioria deles de curta duração - sendo os principais o Lamborghini Crystal e seu projeto homônimo. Quem já conhece o som produzido pela dupla no The Skaters, já sabe o que pode esperar dos projetos relacionados: psych/drone com influências de free jazz, world music, referências à cultura surf e a técnicas oriundas da field recording. Quem não conhece, confira a seguir uma performance do duo:



Gostou do som, mas não sabe por onde começar? Em minha opinião, 'Raising Spheres of Crossing Angel Minds' (lançado originalmente em 2006), é um bom disco para fazer um primeiro contato com o Skaters. Recomendo também o 'Dial 747 Creepozoid' do Lamborghini Crystal e o disco homônimo do Acid Eagle, ambos assinados por James Ferraro. E não dá pra se esquecer do Spencer Clark, o disco 'Prince of Parrot Shooters', lançado sob a alcunha Monopoly Child Star Searchers, também é uma pedrada. Enfim, ouça os discos e escolha o seu Skater favorito. E com esse link com mais de noventa (!!!) discos da Skaters and related para download, não tem desculpa pra não conhecer um pouco da produção desse fantástico duo.


Pastebin

Você também pode gostar

0 comentários