5 discos de rap nacional de 2012 que se você não ouviu, vacilou

por - 11:08

O rap tá aí, cara. Não adianta ignorar toda a parada e os lançamentos de 2012. Pensando nisso e que a internet é um grande depósito de discos, listamos 5 discos que saíram neste ano e qualquer um que curta o gênero deveria ter ouvido até agora. Se tiverem sugestões ou coisas que deixamos passar, é só ir ali embaixo na caixa de comentários e compartilhar a informação. Fizemos também duas menções honrosas, com dois álbuns que não são de 2012 mas qualquer pessoa deve escutá-los.


Kamau - ...Entre...


1. Kamau - ...Entre...: o EP/disco do rapper paulistano Kamau foi um dos registros mais interessantes não só do rap, mas da música nacional em 2012. Com direito ao remix de Só que já tem clipe tem uma cota e tudo, ...entre... é sério candidato a abocanhar listas do final de ano.


Síntese - Sem Cortesia (2012)


2. Síntese - Sem Cortersia: eu descobri a dupla do interior de SP quando o Fernando fez uma entrevista com eles, logo no lançamento do som 4:20. Esse ano, não bastasse um álbum com dez ou doze músicas, eles lançaram um duplo, com música pra caralho. Uma das revelações do rap nacional, sem sombra de dúvida.


Amiri - Êta Porra


3. Amiri - Êta Porra: O Amiri apareceu no começo desse ano, ao menos pra mim, numa matéria que a VICE fez com ele, no lançamento do single Êta Porra. Já previa que a pedrada que tava vindo era das boas e com certeza foi: o EP do rapaz do João XXIII é composto por músicas que remetem um pouco à África e claro, a cidade de São Paulo.


Matéria Prima - Material de Estudo (EP)


4. Matéria Prima - Material de Estudo: De BH, Matéria Prima lançou um EP foda pra caralho. É apenas isso para definir o quão legal está o disco do cara. Ele já fez parte do coletivo Quinto Andar e deu uma baita entrevista pra +Soma. Veja lá.



5. Sem Peneira pra Suco Sujo - EP: essa é uma prévia do álbum da dupla de rap pernambucano, formada por Dj Novato e MC Anêmico. Se trombar um show dos caras, agarrem o EP pela bagatela de R$3.


Menções honrosas:


rodrigo-ogi-cronicas-da-cidade-cinza


Ogi - Crônicas da Cidade Cinza: caras e minas, esse é um dos melhores discos do rap nacional. Ogi era do ContraFluxo e em 2011 lançou essa pedrada no caos paulistano. Com histórais veridicas e fictícias, o rapper consegue ambientar qualquer pessoa nesse cinzeiro cheio de prédios.


Parteum - A Autoridade da Razão


Parteum - A Autoridade da Razão: Parteum é irmão do Rapin Hood, mas não se faz disso para fazer sua carreira. Ótimas rimas, bases fantásticas e a bagunça das gavetas. Som tanto para você ouvir andando de skate, como no busão, metrô, andando, trampando. Não tem hora, é só dar play e viajar. Se quiser, leia nossa entrevista com ele.


*o disco do Kamau não está disponível para download porque a Plano Audio pediu para retirarmos o link do Hominis.

Você também pode gostar

0 comentários