Filmes para curtir nas férias com os camaradas

por - 12:06

Sessão da Tarde


Ah, a infância nos anos 80/90. Quem não se lembra de suas férias de verão que começavam em novembro e só terminavam em fevereiro? Muito videogame, falta do que fazer e claro, filmes da Sessão da Tarde. Lagoa Azul, Stand By Me, Esqueceram de Mim e tantos outros.


Tomado pelo sentimento de nostalgia disponibilizei doze filmes que acho importante para lembrar dessa época. Na minha cabeça, todo mundo que passou por isso deve baixa-los, chamar os camaradas de infância, gravar os arquivos em DVD ou pegar o VHS na locadora e fazer uma sessão de cinema apenas pelos “bons tempos em que todo mundo era amigo”.


Abaixo confiram a lista e antes de começar todo aquele velho e chato papo de faltou tal e tal, convido você a fazer sua lista nos comentários. Agradecemos de coração.


Karate Kid 1


Karate Kid – O primeiro filme da série é do caralho: aquele golpe classe, a dublagem escrotona, o mestre Myagi esfregando as mãos e curando o Daniel, a loirinha que tá piscando pro cara mas os boys não deixam ela sentar no colo do LaRusso. Enfim, existem inúmeros motivos para assisti-lo e ficar com um sorriso de orelha a orelha. Amelie Poulain é o caralho.


Namorada de Aluguel


Namorada de Aluguel – Puts, esse filme acaba sendo melhor que qualquer American Pie lançado depois do 2, é sério. Um clássico absoluto de escola americanas, algumas conotações sexuais leve e um virjão que ao invés de comprar uma luneta, acaba pagando a mina mais popular do colégio pra colar com ele. Filme dos bons, prepara a pipoca, chama os camaradas e lembre-se daquela menina que sentava do lado de você na sala e que você provavelmente daria a grana do seu SNES pra ela te namorar.


Um Príncipe em Nova Iorque


Um Príncipe em Nova Iorque – Cara, é o Eddie Murphy e isso já dá um bônus de dez pontos em qualquer filme. Ele originalmente é um príncipe de Zamunda, mas para fugir de um casamento arranjado do seu pai, cola em Nova Iorque para procurar uma noiva, se passando por aluno pobre. Altas confusões.


Denis, o Pimentinha


Denis, o Pimentinha – Esse filme é uma merda e exatamente por isso, por ser uma merda, deve estar nessa lista. O senhor Wilson é um tiozinho muito simpático e eu prefiro mil vezes o do desenho e o mesmo vale pro Denis. Entretanto, quem nunca assistiu isso esperando que fosse igual ao que passava no SBT aos sábados de manhã? Entra aqui pela decepção.


Curtindo a Vida Adoidado


Curtindo a Vida Adoidado – Para começar, essa tradução de título é uma bosta, mas é melhor que em português de Portugal, O Rei Dos Gazeteiros. Eu poderia fazer uma dissertação de mestrado explicando o porquê ele apareceu nessa lista, mas a cena de Twist and Shout fala por si mesma. Um grande clássico do cinema Sessão da Tarde e dos anos 80/90.


Os Caça-Fantasmas


Os Caça-Fantasmas – Ghostbusters passava até no SBT, depois do Chaves, lá pelas duas da tarde numa sessão que eu esqueci o nome, mas que já tinha rolado aquele clássico do terror também, A Bolha. Esse aqui também dispensa comentários, tão true quanto qualquer filme de peitinho que já passou na Band.


Esqueceram de Mim


Esqueceram de Mim – Seus pais vão viajar e te deixam em casa porque por algum motivo, eles são retardados o suficiente para deixarem uma criança sozinha enquanto dão um rolê. Nisso, alguns bandidos tentam invadir a residência, mas é aquilo, Macaulay Culkin estava limpo e no final das contas ele consegue fazer coisas que hoje seria impossível.


Lost Boys


Garotos Perdidos – Um filme de vampiros que tem Echo & The Bunnymen e outros sons oitentões na trilha sonora. Eu achei a história envolvente, mas confesso que a primeira vez que vi, achei que se tratava de outra coisa, me passaram como se fosse um filme pique Mentes Perigosas. Mas o rolê no píer ao som de “Killing The Moon” vale o download.


Loucademia de Polícia


Loucademia de Polícia – Desde quando assisti a esse filme, minha visão de polícia não muda: eles só entram em altas confusões enquanto comem Donuts (ou no Brasil, a famosa coxinha na padoca). Todo mundo precisa assistir para entender o porquê São Paulo está nessa treta entre comando e PM. Mentira, isso não vai te ajudar a entender nada, mas irá fazer você rir quando ver alguns estereótipos de policiais na rua. Apenas tenha cuidado para não rir da ROTA.


Stand By Me


Conte Comigo – Stand By Me, oooh Stand, By Me, Stand By Me... com esse som e toda essa historia baseada no livro do, vejam só, Stephen King, esse sem sombra de dúvidas é um dos meus filmes prediletos dessa lista. Não há como não ficar vidrado ao longo do tempo e lembrar dos seus rolês pela escola tentando investigar algo ou mesmo em algum outro pico, como a rua, o sítio, a chácara, qualquer porra que envolva aventura.


Os Goonies


Os Goonies – Se Stand By Me é delicado e pega a pessoa por conta da amizade, esse passa a fronteira de tudo e é sem sombra de dúvidas um dos melhores filmes que já passaram na Sessão da Tarde. Tinha alguém que eu conhecia que parecia o monstro dos Goonies, mas não me recordo quem. Que sorte hein? Teve seu nome poupado dessa lista, chapa.


A História Sem Fim


A História Sem Fim – Esse eu achava tão bobo, mas tão bobo, que acabei me acostumando a assistir sem ficar triste ou entediado. O que rola é que ele entrou na lista não por ser fodão como a maioria dos anteriores, mas sim porque a Globo não se cansava de enfiar essa porra goela abaixo e transmitia isso toda santa semana, principalmente nas férias.


Sabemos que você está com um sentimento de nostalgia, pensando que envelheceu e que logo irá morrer, que deveria ter curtido mais a sua infância, que aquilo não era problema de verdade e que ser adulto é uma merda. De duas uma, ou acalma-se e baixe toda a lista de filme, ou fale com o Welker, nosso psicólogo, a respeito da sua síndrome de Peter Pan.


Filmes (todos com legendas)

Você também pode gostar

0 comentários