Cena Low-Fi apresenta: The River Raid (PE) no Jokers em Curitiba

por - 12:04

[caption id="attachment_19193" align="aligncenter" width="640"]the river raid por natasha The River Raid de Ricardo Leão por Natasha Durski[/caption]

Saudações,


The River Raid, (que costuma tocar com cinco integrantes) mais o quinteto Uh La La!em parceria realizaram dois shows em 48 horas em duas capitais brasileiras, nos dias 11 e 12 de janeiro . São Paulo e Curitiba foram as cidades escolhidas pelos pernambucanos, que apoiados por um projeto cultural aprovado pela Lei Rouanet levaram o seu rock em muito boa companhia para divulgar o segundo álbum de estúdio, intitulado “In a Forest”. O projeto Cena Low-Fi conferiu os shows realizados em Curitiba, no Jokers Pub, e vimos que a banda enfrentou algumas dificuldades encontradas através do seu profissionalismo, carisma e descontração para um bom público que estava presente no local. Neste post todas as informações a respeito dos pernambucanos, posteriormente, traremos a banda Uh La La! (PR) nesta coluna.




[caption id="attachment_19194" align="aligncenter" width="480"]Set list da banda para o show em Curitiba Set list da banda para o show em Curitiba[/caption]

Eis que surge The River Raid (antes estavam no meio do público prestigiando o show dos amigos curitibanos): subiram ao palco para cumprir a sua agenda referente ao projeto cultural, mas havia algo de diferente no show. O evento foi realizado para ajudar a divulgar o In a Forest (2010), porém, dos 5 integrantes que viriam a realizar os shows desde então, havia uma ausência: “apenas” 2 guitarras. Bem, essas mudanças pontuais fazem parte da vida dura dos pernambucanos, e certamente esta ausência foi relevante para que o set list apresentado contasse com mais músicas do primeiro álbum (The River Raid, de 2007). Álbum este o único disponível para venda, já que “In a Forest” esgotou ainda quando a banda tocava na gringa em 2012. Assim, o “dane-se” estava ligado no volume máximo, e outro detalhe - problemas de saúde com o vocalista, com movimentos limitados em um dos braços. Assim, Ricardo Leão (guitarra e voz) comandou o show, ao lado de Eduardo Pereira (baixo), Pedrinho (bateria) e o apoio do guitarrista Sérgio (ex-Jorge Cabeleira e o Dia que Seremos Todos Inúteis, lá dos anos 1990). O show dos pernambucanos teve início por volta 1h50, e por conta do atraso na programação do evento, o set list do TRR foi curto (menos de 10 músicas), pois ainda haveria mais um show (Os Penitentes, de Curitiba, encerrariam a noite do Jokers).


O show; “Eletric Kool” abriu o set, e teve a participação de André Tobler, o Dedeco, (da banda Os Penitentes) na percussão (alfaia). Na sequência, “Time Up”, que ganhou menção honrosa no ISC (International Songwriting Competition) em 2008; em “Alcool” Pedrinho estourou a caixa da bateria, e a troca atrasou a execução do cover que os caras fizeram para “Goofy’s Concern” da banda americana Butthole Surfers. “Teorema de Magashi” foi mais uma pedrada do primeiro álbum que marcou presença, acabando com o resto da caixa já castigada pelas baquetadas insanas de Pedro Henrique Pacheco, que depois da troca da peça tocou “Summer”, uma aliviada na sequência tradicionalmente pesada do River Raid. Naquela altura haveria ainda mais ajustes na bateria e no set list o que fez com que a banda tocasse “2030” e posteriormente mais um cover (“Strange Days”, clássico do The Doors com guitarras distorcidas do início ao fim). A “saideira” ficou por conta de “Black Finger”, única música do “In a Forest”, com baixo pesadão à base de Big Muff (o pedal), solos de slides e uma pegada setentona. Um verdadeiro Blues com gosto de quero mais.


fachada do JokersJokers Pub Cafe, no centro de Curitiba-PR.


Os vídeos, o primeiro um trecho do show com "Time Up" e na sequencia a entrevista no pós-show, é isso aí.


"Time Up"


Entrevista com Pedrinho Pacheco + Ricardo Leão.


The River Raid em entrevista para o projeto Cena Low-Fi - Curitiba jan/13 from Projeto Cena Low-Fi on Vimeo.

Você também pode gostar

0 comentários