#TerçaGringa: o folk rock garageiro e divertido de Adam Balbo

por - 12:06

Adam+Balbo+DSC02157


O americano Adam Balbo é um músico divertido oriundo de Oakland, California. Ele mesmo chama seu som de “punk-ish indie rock”, mas nós achamos que tem um pouco de garage e folk rock, com direito a gaita digna do mestre Dylan. O camarada tem trabalhos lançados desde março de 2001, com alguns registros feitos ao vivo direto de seu quarto. Uma característica que parece ser marcante em sua carreira são as letras, aonde ele mostra seu lado cômico e despojado (basta ouvir The Baby & The Bath Water, EP lançado em agosto do ano passado). Em novembro de 2012 ele lançou seu décimo trabalho, um novo material intitulado The Jester, com nove faixas onde é possível ver boa parte das influências do artista, mas com uma qualidade de gravação melhor.



The Jester foi gravado em estúdio no formato de trio, com Adam, o Mr. Andrew e Laura Mahan. Segundo o artista, este é o maior projeto em estúdio no qual ele já esteve envolvido e o lançamento do material físico será num show em São Francisco no dia 23 de fevereiro. As músicas do disco são rápidas (ele todo tem cerca de 25 minutos), com letras que parecem contar causos sempre partindo da base em um violão, me remetendo também as canções do filme Juno (lembra?). Destaques para as faixas “With I Were Me”,  “The King”, “Almost At A Loss” e a incrivelmente demente “Stupid Assholes”. Se você curte músicas divertidas, feitas apenas para entreter, com melodias rápidas e tranquilas, eis aqui um artista que vai te entreter bastante.


O mais legal de tudo: todos os trabalhos lançados por ele estão disponíveis em seu bandcamp no esquema Name Your Price, onde você pode pagar o quanto quiser pelos discos. Diferente de 90% dos artistas americanos, Adam quer mais é que todos tenham acesso e paguem se curtirem seu som e não antes disso. Aconselho dar uma olhada nos outros trampos do camarada, gravações sujas e diversão garantida na maior parte deles...

Você também pode gostar

0 comentários