#TerçaGringa: A combinação perfeita entre frio e Penfold

por - 11:04

folder


Tá frio pra caralho em São Paulo desde sábado, clima gostoso, rola até ouvir a nossa Mixtape de Inverno se o Mediafire não sumiu com ela de vez – o que é bem possível. Mas nessa onda de friaca monstra resolvi separar um som que na minha cabeça combina totalmente com a temperatura que faz por aqui: o Penfold.


Se você não tá ligado, o Penfold é uma daquelas bandas que faz parte do que chamam de emo – daquela leva 2000 -, e lançou em sua carreira dois álbuns e um EP, todos eles com uma qualidade absurda de qualidade sonora e de lamentações sobre namoradas e sentir o gosto de lágrimas no rosto. É bem emão isso, mas vai por mim, é agradável para ouvir.


Meu álbum preferido é o primeiro: Amateurs and Professionals, de 99, que tem faixas extremamente bonitas, como “June”, “M” e “I'll Take You Everywhere”. O clima é aquela atmosfera chorosa, típica para ficar ouvindo num dia chuvoso e frio, sem que haja interrupções, por isso, para entrar na “vibe” coloque fones de ouvidos e se concentre.


O segundo disco, Our First Taste of Escape, foi lançado em 2001 e tem também muitas músicas bonitas, como “May I Have This Dance” e “The Sound Of Jazz”, mas eu acho que se for levar em conta ele de cabo a rabo, tipo uma obra, ele decepciona um pouco, entretanto, sua opinião pode ser diferente da minha e ficaria feliz se você me convencesse do porque estou errado, de verdade.


Vendo que esse tipo de material é foda de conseguir em qualidade legal – a maioria das coisas do Penfold estão no máximo em 192kbps, peguei os dois álbuns em v0 e o EP, zipei e levo de cortesia aos lares das famílias brasileiras. Mas é o seguinte: corra pra baixar porque a ideia dessa coluna não é fazer do Alt um deposito de discos, para isso temos o Hominis, então se o link cair, infelizmente não reuparemos para evitar problemas posteriores com servidor e etc. Em outras palavras: Corra, Lola, Corra!


Tumblr

Você também pode gostar

0 comentários