#TerçaGringa: o minimalismo eletroacústico de Jonáš Gruska

por - 11:08

jonas

A TerçaGringa é uma parada complicada de fazer, primeiro por ser a nossa única coluna com dia fixo por aqui, ou seja, ela tem que sair toda terça. Segundo porque o nosso intuito com ela sempre foi dar uma sugestão de alguma coisa feita fora do Brasil que vocês deveriam conhecer, de preferência algo novo. No início, nós voltamos para coisas clássicas e antigas, tentando alternar com novidades, mas só agora ela começa a tomar a forma que queríamos. Isso porque cada vez mais temos recebido trabalhos e sugestões de artistas estrangeiros em nosso e-mail, tal qual acontece lá no Hominis Canidae com artistas nacionais.


Jonáš Gruska nasceu na Tchecoslováquia e é um daqueles camaradas nerds que adora estudar música. No ano passado ele lançou o selo LOM, uma plataforma para todos os tipos de sons, ruídos digitais e experimentações sem impedimentos. Interessante no selo, além da sonoridade abordada, é a produção de fitas k7 com os trabalhos. No primeiro trampo lançado pelo LOM, Jonáš se apresenta como Mrkva e participa de um split junto com Bolka (Matúš Kobolka) contendo sete faixas que abusam das experimentações.



No final do ano passado, ele liberou seu primeiro registro de estudo solo, intitulado Nočné oscilácie pre jedného, em português seria Oscilações Noturnas Para Um. Nele temos uma viagem suave feita em quatro faixas gravadas nos estúdios analógicos do Conservatório Real de Hague, na Eslováquia, local onde ele estuda. Ele mesmo diz que “as obras nasceram durante várias noites de meditação no estúdio e refletem temas íntimos como solidão, e o contraste do ser humano vivendo em meio a máquinas”. Basta sacar esse vídeo doideira do camarada em meio a diversos apetrechos (tem outros no VIMEO dele).



Gruska, que normalmente trabalha com digital, sentiu a necessidade do uso do analógico, já que o intuito é realizar gravações eletroacústicas como eram feitas em tempos passados. O trabalho delicado de modular sons em equipamentos enormes faz dos registros ainda mais interessantes para quem curte o som de sintetizadores e equipamentos de modulação sonora. Os quatro temas meio que se interligam somando pouco menos que 23 minutos de estudos sonoros aloprados. Destaques para a segunda faixa "Tvoj mechanizmus" e a predileta por aqui  "Óda na lunu", com mais de nove minutos de viagens bastante interessantes. Você pode baixar o EP solo dele direto no bandcamp e sem gastar uma nota. Acidifique um pouco sua mente, durante o tempo parado no trânsito com este belo registro.


cover

Você também pode gostar

0 comentários