Sem Jello Biafra, mas é o Dead Kennedys

por - 11:07

Dead-Kennedys


Para alguém que teve o primeiro contato com o universo punk/hc em meados da década de 80, onde os LPs gringos eram inacessíveis e a nossa salvação estava nas fitas cassetes que chegavam através da grande rede de contatos mantidos por meio de cartas, ir a um show do Dead Kennedys é algo surreal.


Nos últimos três anos o Abril Pro Rock tem propiciado as melhores trips musicais da minha vida. Infelizmente demorei muito tempo para acordar e tornar a ida ao festival uma obrigação anual. The Varukers, Ratos de Porão, D.R.I., Facada, Brujeria, Test, Leptospirose e Cripple Bastards comprovam que corrigi essa falha há tempo. Não quero nem comentar o que eu perdi.


Mas voltando ao Dead Kenendys e as fitas cassetes – responsável por me apresentar o som único, sarcástico e explosivo da banda, eu nunca imaginei que um dia poderia ficar a poucos metros do palco sentindo toda energia e vibração que tomará conta do APR no momento que D.H. Peligro, Klaus Flouride e East Bay Ray iniciarem os seus trabalhos. Terminei pulando alguém: Ron “Skip” Greer, que tem a árdua tarefa de substituir um dos vocalistas mais carismáticos e insanos do mundo: Jello Biafra.



Para muitos o Dead Kennedys sem Jello Biafra não vale muita coisa. Talvez isso termine influenciando na escolha de algumas pessoas. No entanto, tenho certeza que o Skip dará conta do recado. Quem tem dúvidas assista alguns vídeos das performances recentes da banda no youtube. Fora isso o trabalho do vocalista será facilitado porque nos primeiros acordes de todas as músicas ele contará com um coro de milhares de pessoas que, como eu, estarão vivendo um momento único assistindo a um show do Dead Kennedys.


Se o Dead Kennedys não for suficiente para lhe tirar da comodidade da sua casa lembre-se que ainda teremos Devotos (PE), Krisiun (RS) e DFC (DF).


Com certeza voltarei para Maceió todo quebrado na van da Binha`s Tour – denominação carinhosa atribuída por todos os integrantes dessa trip que rola desde 2009, rouco e em estado de catarse por causa do show do Dead Kennedys.


Texto escrito por Sandney Farias da Cunha ganhador da promo do Abril Pro Rock 2013.

Você também pode gostar

0 comentários