"A vida é uma mentira?"

por - 14:02

pinocchio


Está com a vida ruim? Sei como é, nem sempre dá pra botar um sorriso na cara e mostrar pra todo mundo que tudo é maravilhoso, mas eu vou te contar o segredo do sucesso: Minta. Existem modos de mentir que fazem com que você não seja um babaca completo por sair contando mentiras por aí. Talvez te façam um babaca parcial, mas acho que deu pra entender a jogada. Só esclarecendo um pouco mais, você não precisa mentir sobre tudo para se tornar um falso vencedor, mas não deve contar mentiras grossas para sair da condição de falso perdedor. Lembre-se de odiar o jogo e não o jogador. E o jogo em questão é a condição em que você se encontra. A pior parte de ser didático demais é se perder nas próprias analogias, que deviam ser de fácil compreensão, mas confundem ainda mais.


Vamos a um exemplo prático. Faço parte da crescente população brasileira que ingressa no ensino superior, como muitos outros jovens que sonham ter um emprego medíocre pra pagar as contas medíocres e viver uma vida sem dever nada a ninguém. Tudo aparentemente bem comum, exceto pelo fato de que nem todo mundo que cursa o ensino superior possui as mesmas pretensões de atingir o conforto da mediocridade. Uns querem mais, outros menos. E isto implica, claro, em conflito. Minha sala adora reclamar do comportamento da sala, isentando a culpa individual e sempre generalizando ou elegendo bodes expiatórios. Cansados da indiferença do grupo, o grupo se manifestou numa postagem em uma rede social direcionada à turma. Inefetivo, afinal ninguém tomaria a frente e assumiria a culpa por um comportamento que não é gerado individualmente. E até aí, não vejo problemas nisso.


Tomado pela sabedoria milenar, que na verdade pode ser adquirida com doses cavalares de Balalaika e Dolly maçã (combinação letal para qualquer ser humano, mas o conhecimento traz consequências), resolvi comentar sobre o caso com uma análise dos parâmetros comparativos do pensamento coletivo e individual, traçando paralelos sobre o pensamento individualista na sociedade vigente e comentando a isenção de pensamento lógico aplicado ao grupo, que carece de recursos discriminativos para o discernimento de suas responsabilidades, tanto individuais como enquanto grupo. Fez algum sentido? Não sei dizer, mas foi um texto gigantesco. E surpreendentemente, lido. E ainda mais surpreendentemente, elogiado. Ele estava cheio de palavras difíceis, daquelas que você só usa se estiver sendo processado por um grupo de asiáticos por assédio moral, mas não tinha um conteúdo muito consistente por meu estado etílico.


Não dá pra dizer que menti enquanto escrevia tudo aquilo, até porque, não lembro de metade do que escrevi e nem o porquê de ter escrito. Foi tão natural quanto tomar um soco na boca depois de elogiar as mucosas anais da mãe de alguém. De qualquer forma, é claro que a grande mentira está em quem de fato diz que leu o tal texto, que recebeu vários likes por sinal. Mas no que isso realmente confirma o que disse inicialmente? O segredo da vida é mentir. Você pode faze-lo para sua vida melhorar, tal como outras pessoas também farão para melhorar a vida delas. Sabendo disso, inevitavelmente nos damos conta de que a melhoria que a mentira pode trazer para as nossas vidas é uma mentira igualmente proporcional. Sendo assim, a grande verdade é que a mentira serve para nos iludir. E quem não gosta de ilusão? Quase mataram o Mister M porque ele acabava com os truques, então todo mundo gosta de uma mentirinha sim!




[caption id="attachment_20505" align="aligncenter" width="640"]mister-m-é mexicano O Mister M é mexicano[/caption]

Você também pode gostar

1 comentários

  1. " Foi tão natural quanto tomar um soco na boca depois de elogiar as mucosas anais da mãe de alguém."
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk ri mtooo disso .. haha .. mas é a puta verdade .. as mentiras são necessárias no dia a dia .. afinal, nem tudo são flores e vc não é filho do eike batista..

    ResponderExcluir