Conheça, assista e ouça o Wasabi Sounds

por - 14:10

WASABI_LOGOTIPO

O intuito principal será criar conteúdo na internet, um lugar onde já existe conteúdo aos montes. O mote era realizar um sonho antigo de produzir vídeos caseiros com bandas parceiras e que eles achassem legal, coisa que eles curtem assistir. E isso aconteceu apenas depois da existência do estúdio Wasabi, espaço físico para ensaio, gravação, realização de shows, eventos e gravação da sessão de vídeos Wasabi Sounds. Vinicius Dias (Sin Ayuda, DIAZ) e Diego Xavier (Sin Ayuda, Àbrasa e Chacal) partiram de referências como a Tv Trama e o DoSol Sessions para realizar os videocasts e dar um pouco de espaço para a cena do interior de São Paulo.


Até o  momento já foram liberados sete sessões (e mais quatro estão na agulha), em meio a diversos vídeos de bandas ao vivo tocando no estúdio que estão no canal do Youtube dos caras. Segundo Vinicius, "é tosco, mas é de coração". Para Diego, "a diferença entre o Wasabi Sounds e os registros das bandas tocando ao vivo é que a sessão passa por tratamento de áudio, entrevista rápida e livre das bandas com captação separada e sem a presença do público", além do fato deles tentarem ao máximo experimentar, tanto nas edições, quanto na mixagem. Já os registros são de shows ao vivo em festas realizadas no estúdio (dizem caber 50 pessoas por lá), "tudo regado a cerveja barata e rango vegano". O áudio é o mesmo da câmera, tudo da maneira mais true possível (e mesmo assim, tem vários vídeos legais).


A curadoria dos artistas passa pelo gosto pessoal de ambos e a disponibilidade das bandas passarem por São José dos Campos, local onde fica o estúdio, mesmo que o Diego deixe claro que "caso alguma banda tenha interesse no produto, eles podem disponibilizar o formato como um material feito pelo estúdio". O bate papo é sempre descontraído e rápido, tentando registrar o momento pelo qual a banda está passando. Alguns estão em tour, outros são projetos novos, as falas podem sair profissionais ou bem amadoras. E o vídeo sempre acaba em música, seja ela inédita, ou do trabalho mais recente do artista . A ideia é tentar soltar uma sessão por semana, mas nem sempre isso é possível, mas o importante é seguir fazendo.



Quando questionados sobre o melhor Wasabi Sounds até o momento, os dois falaram do Hierofante Púrpura, pelo fato de que foi feito no primeiro take e a música nova da banda ser muito boa, e Camarones Orquestra Guitarristica, banda potiguar que não foi o primeiro registro gravado, mas o primeiro que foi ao ar. Um sonho seria realizar uma sessão com o Fugazi (pensam longe demais), mas Diego disse que "entre as bandas nacionais seria legal tomar uma aula do Hurtmold, ou quem sabe fazer a banda Calistoga (também potiguar) voltar a atividade apenas para gravar a sessão"! Dois grupos que mandariam realmente bem na parada.


Nosso intuito aqui sempre foi dar espaço para iniciativas que colocassem em evidência o som nacional. É interessante perceber como tem banda boa no interior de São Paulo atualmente, que merecia muito mais espaço do que tem, então é massa existir uma session com grupos legais vindos de lá. Interessante ver também diversos estilos aparecendo no registro, rap, rock instrumental, psicodelia, indie rock e muito lo-fi para todos os gostos aparecendo. Aconselhamos fortemente se inscrever no canal do estúdio Wasabi no Youtube e curtir os vários vídeos e Wasabi Sounds que aparecem por lá. Divirtam-se com os que já estão online na ordem cronológica.







Você também pode gostar

0 comentários