#TerçaGringa: o sentimento cantado por Oidupaa Vladimir Oiun

por - 11:06

Oiduppa Vladimir Oiun


Nascido na Rússia em 1949, Oidupaa Vladimir Oiun é tipo um Deus da música tuva, com todas aquelas técnicas legais pra caralho de cantar, o famoso “throat singing” e já até figurou por aqui na nossa Mixtape da Primavera.


Só que hoje é Terça Gringa e revirando o nosso acervo de sons gringos já postados por aqui, não encontrei nenhum textinho dedicado a esse simpático senhor, que eu sequer sei se ainda está vivo, mas sei que, segundo o Last.FM, a Rússia (na época URSS) ficou putona com ele por causa das canções que ele fazia e o acusou de uma pá de coisa, tipo corrupção de menor, estupro e etc. O resultado? Oidupaa passou um bom tempo na cadeia, gravando seu único disco oficial, Divine Music From a Jail.


Pelo o que li neste site, a informação é de que quando o álbum foi finalmente lançado, Oidupaa ainda estava na prisão. Caras, esses russos são realmente loucos hein? Só por que o cara tá fazendo umas canções de protesto e cantando de um jeito legalzão vão prender ele?


Enfim, o álbum, infelizmente, é de difícil digestão para quem não está aberto a novos tipos de sons – no caso, a música tuva e o modo que Oidupaa canta –, entretanto, se neste dia você estiver só um pouquinho com vontade de parar de escutar uns indies rocks ruins pra caralho, por favor, clique no link abaixo.


Apesar de jornalista, não encontrei tantas informações oficiais a respeito de Oidupaa Vladimir Oiun e por isso, internautas, caso vocês saibam do paradeiro dele, compartilhem conosco, afinal, a internet, o Wikipedia e a vida são feitas do compartilhamento.



Tumblr

Você também pode gostar

3 comentários

  1. Justo hoje fiquei sabendo que ele se foi... tava procurando mais informações sobre ele e cheguei aqui.

    ResponderExcluir
  2. Alguns jornalistas trataram de apresentá-lo como uma vítima da URSS/GULAG/KGB, mas Vladímir Oidupaa Oiun não teve nenhum conflito político com o poder, seu pai foi presidente de um cooperativo de camponeses (koljoz), aliás formava parte do poder soviético mesmo. Achamos muito ruim que uma parte dos intelectuais nacionalistas tuvanos trata de canonizar os criminosos (sem falar de Oidupaa havia outro músico relevante tuvano – Alexandr Sarjat Ool, que também passou meia vida na prisão, mas ele em suas entrevistas reconheceu seus crimes: roubo, assassinato, etc.).

    Ao mesmo tempo é verdade que a República da Tuva até agora tem um alto nível de violência pelo fator de “demographic hump”/explosão demográfica nas condições da depressão econômica e um atraso cultural. A Tuva às vezes é chamada a Chechênia da Sibéria. Contudo vale lembrar que o Ministro da Defesa da Rússia é um tuvano – Serguei Choigu.

    Você pode ler mais aquí: http://guiademoscu.com/?p=753

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigado pelas informações. Como você deve saber, é muito complicado saber alguma coisa a respeito dele.

    ResponderExcluir