"Tenha calma..."

por - 16:19

yoga flame


Sempre refleti sobre o motivo pelo qual as pessoas usam drogas. Seus pais, os médicos, a Eliana, os comerciais, as campanhas de tiazonas preocupadas com a vida alheia, quer dizer, tem uma galera obstinada a fazer com que você não fume ou beba absolutamente nada de forma recreativa e você ainda assim teima em fazer. Por que? Simples. Você quer paz, sossego, calma. E na boa, não tiro a sua razão. O mundo realmente precisa de calma, que por acaso não vai vir de seus pedidos verbais literais. Pedir calma é como tentar apagar um incêndio com um galão de napalm na floresta amazônica.



Nos obrigamos a fazer verdadeiros infernos na terra só para alcançar a mediocridade que é a vida estável da classe média e da estabilidade psicossocial e o que ganhamos com isto? Nada específico. A vida é tão ingrata que você mesmo precisa agregar valor a ela, caso contrário, você será um fracassado desde o início. Ler o contrato social dá vontade de chorar, tamanhas as convenções que temos que aderir para conviver um com o outro. Tais adventos me fazem criar niilismos como quem cria animais da fazenda.



Após recomendações, assisti um dia da novela das nove. É impressionante como as famílias são desestruturadas e escrotas de um ponto de vista minimamente simplista. Elas são mesmo o reflexo da sociedade vigente? Porque puta merda, se são, em algum momento algo deu muito errado. Ter um filho maconheiro se torna o menor dos problemas quando a agressividade e frieza de uma família encenada toma a frente daquilo que muita gente adota como padrão de comportamento, afinal, a televisão é utilizada como ferramenta de educação social, ainda que isso nem seja uma boa ideia.



A batata palha da Yoki está num preço baixo desde que a mulher picou o cara e pos ele na mala. É quase como se ela tivesse picado ele e botado dentro dos sacos de batata. Imagine o que um pouco mais de calma teria feito com este caso. Possivelmente a batata palha ainda estaria cara, mas por outro lado, não teríamos que nos preocupar com gente morta e esquartejada. Homens e mulheres deviam ser mais calmos, só para que tantos corações partidos fossem pacotinhos de batata Yoki, ou seja, de alto valor e com a tabela nutricional extremamente duvidosa. Amor faz mal, calma não.



Eu me considero um cara calmo. Não que isso seja uma grande vantagem já sou minoria, em terra de cego, quem tem um olho é meio cego. Só acho que a questão da calma não abrange somente o aspecto da cuca fresca, mas pode sim ser algo que vai além daquilo que compreendemos ou absorvemos naturalmente como quando alguém começa a cantar em inglês tudo errado. Não como um dom. Como saber se dá pra atravessar a rua mesmo quando tem um carro vindo ao longe. Basta observar nos outros e praticar sorrateiramente sem sua mãe reparar. Quando menos se espera, se faz valer a calma de um leão dormindo. E assim mudamos o mundo que conhecemos, ou seja, não o mundo inteiro, mas a parte na qual você participa. E isso já vale algo, ainda que mínimo.



papel

Você também pode gostar

0 comentários