#TerçaGringa: como é bom ouvir o Sun Rooms

por - 11:06

Sun Rooms


O Sun Rooms é um trio de jazz formado no final dos anos 2000 por Jason Adasiewicz (vibrafone), Mike Reed (bateria) e Ingebrigt Haker Flaten, que entrou definitivamente no grupo após a saída de Nate McBride no baixo acústico. Ao longo da sua carreira a banda gravou dois álbuns, e ao que tudo indica, eles estão em um pequeno hiato no momento,


Sun Rooms (2009) e Spacer (2010), ambos lançados pelo selo Delmark, são registros intensos e tranquilos. Pode parecer que há uma contradição nos dois adjetivos usados, mas vai por mim, é isso. Se por um lado a união dos três músicos, que já tocaram no Brasil acompanhado por projetos principalmente de Rob Mazurek, soa muito gostosa de ouvir, em certos trechos tudo acaba tendo um pequeno poder de transformação no seu estado mental. Se você coloca bons fones e se deixa levar, a música do Sun Rooms pode te fazer viajar em um nível absurdo.


Hoje, depois de 5 anos conhecendo o projeto, me pergunto qual a razão de eu nunca ter feito uma #TerçaGringa deles, tendo em vista que o objetivo da coluna é exatamente esse: o de difundir música estrangeira que gostamos e que acaba sendo um pouco de nicho (seja qualquer um deles).


Consegui os dois discos para download em uma qualidade legal, MP3 com bitrate variável, e todos os arquivos foram feitos por mim a partir de um FLAC. Eu acharia muita sacanagem não oferecer isso na melhor qualidade possível dentro dos formatos de compactação de áudio digital. Aproveitem, corram, façam o download e não reclamem se o link cair. A ideia da #TerçaGringa é apenas compartilhar, de modo passageiro, o que achamos relevante no cenário internacional. Fiquem com um vídeo do trio que roubei do site da Norópolis.


Sun Rooms


Você também pode gostar

0 comentários