Animal exótico

por - 11:06

alckmin-e-o-pinheirinho

para ele sempre fora um animal exótico
daqueles viventes em mangues
espaços abissais
marés tormentas póstumas



para ele sempre fora um animal exótico
daqueles que permanecem presos em circos
suas cicatrizes contam anedotas maravilham estrangeiros
enquanto corroem a carne como câncer



para ele sempre fora um animal exótico
daqueles quase unicelulares sem ecdises
biológicos inúteis evolucionais
sempre passíveis de compaixão pedante



para ele sempre fora um animal exótico
daqueles presos em amplos espaços
a falsa sensação de liberdade no sorriso do cativeiro
a mostrar sempre seu lado caricato enquanto lhe roubam a alma



para ele sempre fora um animal exótico
míope fraco
amoado calado
para ele sempre fora um animal exótico



daqueles simpatizadores pela pena
com olhares mancos perdidos
dentro do próprio corpo assimétrico
digno de riso cínico



a ironia do deixar existir
aquele animal exótico amoral
de menor charme sexual
de conhecimento superficial
de irrisória noção espacial
de pele crackeada a luzir



óleo cerume
pus morte
para ele sempre fora um animal exótico



bicho do mato em jaula de concreto
presa bandeirante irracional
em sua capacidade gênica de afeto



animal que de repente
ao sentir a lava desse desprezo
pintado por simpatia
avançaria
ao seu pescoço prenderia
presas em suas artérias dilaceraria
pele do pescoço que se rasgaria
no movimento brusco de seu pescoço torso
sua cabeça arrancaria
mataria assim maldito prepotente humano
que o via sempre como um animal exótico.

Você também pode gostar

0 comentários