#TerçaGringa: o hip hop cadenciado do Illegalize

por - 11:17

05_Illegalize+SeatedFrontRow
Há um mês eu estava procurando a discografia do Tortoise (deu saudade) na internet quando me deparei com esta pedrada. Illegalize é um grupo musical do Brooklyn, Nova Iorque, formado por amigos de colégio, que no início deste novo século apareceram fazendo barulho e ganhando a batalha das bandas da cidade. Eles lançaram seu primeiro trabalho em 2002, mas só encontrei dois sons no soundcloud. Uma sonoridade mais básica, soturna e bem crua de hip hop com banda. Eles continuaram na ativa até 2004.

Depois de quase 10 anos os caras se reuniram com novas influências e com bem mais experiência para finalmente gravar algum material decentem nasceu então o incrível Tortoise Style. O segundo trabalho do grupo foi lançado em 2013 e fez certo barulho na cena hip hop americana. Com beats precisos e um clima influenciado diretamente pelo Soul e o funk clássico, as seis faixas do disco são bastante poderosas.

O duo de vocais, um masculino e outro feminino são afiados, precisos e não perdem o tempo do flow. Consigo arriscar que a mistura sai bem da curva dos elementos usados no hip hop tradicional, o que é um diferencial do grupo. O som é um pé no jazz e outro na MPB (sim, provavelmente temos um filho ou descendente de brasileiro entre eles, já que citam influência de nossa música como fundamental para a mistura), misturado a elementos tradicionais fazem da sonoridade explosiva.

Não faço a mínima ideia se o grupo continua ativo. Faz algum tempo que ninguém movimenta as redes sociais deles. Tentei contato pelo Facebook, mas não obtive respostas. Torço para que o pessoal continue seguindo no flow, porque a galera se garante no som que estão fazendo. Ao vivo a parada parece mais incrível ainda, basta ver este vídeo do grupo se apresentando em um evento realizado pelo Spike Lee.



Curtiu o som? Então aconselho você chegar no bandcamp deles, por lá você pode baixar o Tortoise Style pelo preço que você quiser.

Você também pode gostar

0 comentários