Gravamos o show completo do Ludovic no Coquetel Molotov

por - 12:05

[caption id="attachment_27516" align="aligncenter" width="695"]Ludovic - No Ar Coquetel Molotov 2015 Foto por Hannah Carvalho[/caption]
Após um bom tempo longe dos palcos, o Ludovic se reuniu no começo desse ano. São Paulo, Minas e recentemente Recife tiveram a oportunidade de acompanhar de perto uma das mais intensas bandas de rock que este país já teve. "Emoções a flor da pele e não é uma banda emo", disse Clemente, vocalista do Inocentes em uma apresentação do grupo no Estúdio Show Livre, em meados de 2008. Brinco às vezes que eu fui o maior fã deles que já existiu, porque de fato, em época de last.fm, eles eram disparados os artistas mais escutados por mim. Era um misto da angústia que eu sentia por ser adolescente com a preocupação da vida adulta batendo na porta, um desespero juvenil, confesso, mas que Jair Naves parecia ter enfrentado.

Todas as canções do grupo soavam como um hino e no show não foi diferente. Um mantra, por assim dizer, foi cantado e repetido durante cada música que Jair Naves, Zeek Underwood, Eduardo Praça, Thiago Babalu e eventualmente, Bruno Faleiro, tocavam em cima daquele palco armado no Coquetel Molotov. Em minha cobertura carregada de sentimentos pessoais do festival, comentei que aparentemente poucas pessoas (na minha cabeça) viam o show, mas acredito fielmente que todos que presenciaram mais um momento histórico do quase sepultado rock nacional, saíram de lá com um sentimento de realização pessoal muito grande.

A intensidade que todas as músicas foram entoadas pela plateia, e Jair até brincou "eu estou rouco e vocês estão cantando melhor que eu", mostra a importância do grupo não só na cidade de São Paulo, onde possui inúmeros fãs, mas também no Recife e provavelmente no restante do nordeste. O vocalista da banda aproveitou a oportunidade e convocou todos os presentes que desejavam tocar e fazer música para que esquecessem as dificuldades, ligassem para os seus melhores amigos e montassem a melhor banda de rock que esse país já teve. "Porque isso não vai ser feito no The Voice, no Astros, isso só pode ser feito por um monte de moleque bêbado feito vocês", completou. E eu também acredito nisso. Talvez um monte de jovens alcoolizados, que jogam cerveja pra cima e agem descontroladamente em uma apresentação seja a única solução se quisermos que o rock independente volte a ser transgressor.

Na apresentação, o Ludovic tocou um misto de seus dois álbuns, ServilIdioma Morto, além da canção "Eu Tenho Pressa", do Devotos. Foi em "CVV" o ponto mais alto do show. Jair Naves já parecia tomado por todas as emoções que a apresentação do grupo carrega e tentou pular. Na hora, vi que ele caiu no chão com muita dor, entretanto, ele só buscava o microfone e ainda assim, continuou cantando. Depois de se levantar mancando, se despediu da plateia pedindo que todos cantassem com a maior força possível um dos maiores hits deles "Você Sempre Terá Alguém a Seus Pés".  O vocalista então desceu do palco, foi para o meio do público, foi cercado por inúmeras pessoas gritando a música, como se fossem palavras de uma sessão de exorcismo, caiu no chão e ficou. Quando se levantou, mais um machucado: a boca dele sangrava. Jair Naves se despediu, foi ovacionado. Desceu pelo canto esquerdo do palco e quando chegou atrás da bateria, desabou no chão. Saiu de lá de maca direto pra ambulância. Já eu e provavelmente todo o resto de gente que estava lá, saímos satisfeitos e esperando que quem estava lá, siga o conselho que foi dado: montem alguma banda de rock que salvem o país, porque está foda.

Assista abaixo todos os vídeos do show. Vale ressaltar que no meio da canção "Um Grande Nó", a bateria da câmera acabou e começamos a gravar com um celular, por isso existe essa variação de 720 para 480p.



















Você também pode gostar

3 comentários

  1. MUITO OBRIGADA! Estava próxima à grade e com câmera mas a emoção não deixou que eu fizesse muitos registros. É ótimo poder rever esse show indescritível.

    ps: cadê o vídeo de "Atrofiando/recém-convertido/ex-futuro diplomata"???

    ResponderExcluir
  2. Eu estive la e presenciei uma das melhores bandas deste pais. Excelente matéria.

    ResponderExcluir
  3. Fiz um em SP

    https://youtu.be/56Y6H2SVxM4

    ResponderExcluir