365 Girls in a Band - Review #19

por - 14:09

Ceu

Uma semana de doença e convalescência por aqui deixaram o mood desacelerado. Saem de cena as riot grrls, a cena de Olympia e as músicas de pista. Na lista dessa semana, projetos que combinam com cobertas, sopa e episódios do seu seriado favorito (seja lá qual ele for).

June Carter

https://www.youtube.com/watch?v=LcBIL4DKcpE

Pode ser a imagem maternal que June Carter me passa, pode ser o seu estilo musical, pode ser só aquele filme lindo que conta a história de amor dela e de Johny Cash: em termos de conforto, acho o som de June Carter imbátivel. De uma família musical, June se destacou por também ter dom para comédia. Sua carreira começou aos 10 anos e seu último disco foi lançado postumamente. Se apresentou ao lado de nomes como Elvis Presley, tem uma legião de fãs nos Estados Unidos e fora dele e é dona de cinco Grammys.

Para saber mais: Wikipedia

Tei Shi

https://www.youtube.com/watch?v=lqG_HDApCrw

Nascida na Argentina, Valerie Teiche, ou Tei Shi, é um tipo de cidadã do mundo e isso se reflete na sua música. Atualmente baseada em Nova York, após cursar o Barklee College, ela já morou em locais tão diferentes quanto Bogotá e Montreal e tem um ponto forte em conciliar todas essas vivências em seus projetos musicais. Em dias de repouso ou pausa, Tei Shi é a música certa para recomeçar a fazer planos e esperar o melhor do que está por vir

Para saber mais: WikipédiaSoundcloud

Céu

https://youtu.be/RaN58mqMwMc

Céu tem uma voz rouca e canções suaves, letras que deixam a gente tranquila, numa vibe mais caseira, tipo jantar com os amigos. Eu sou louca com a cantora desde o primeiro disco e fico feliz de ver que ela não deixa sua carreira cair na mesmice, sempre dando um passo além da zona de conforto. Tanto suas canções como seus shows são cativantes e sempre fazem eu me sentir em casa.

Para saber mais: Site OficialCanal do Youtube

Susana Baca

https://www.youtube.com/watch?v=ixJjpdti9jY

Uma das minhas melhores amigas me falou da Susana Baca e foi jogar esse nome no Google e me apaixonar. Figura chave na recuperação da cultura e música afro peruana, essa mulher é mais do que cantora e compositora. É um tipo de embaixadora da cultura afro-latina, levando diversas tradições musicais ao redor do mundo. Susana chegou a ser ministra de cultura do Peru (a segunda ministra de origem afro-peruana pós redemocratização), presidente da Comissão de Cultura da Organização dos Estados Americanos e já ganhou dois Grammys por seu trabalho. Atualmente, ela é parte do selo de word music, Luaka Bop, pelo qual lançou seu último disco, Afrodiáspora.

Para saber mais: Site OficialAllMusic, The Guardian

Cat Power

https://www.youtube.com/watch?v=CbMeAOTPJzM&feature=youtube_gdata_player

No meu modo de descanso, a voz de Cat Power reina. Essa música do vídeo aí em cima me lembra muito meu primeiro ano em Belo Horizonte, quando eu saía para fotografar pontos aleatórios da cidade, tentando entender como essas estranhas ruas diagonais funcionam. Uma versão que infelizmente não achei, mistura Cat Power e meu poema favorito de Ana Cristina César. Cat Power é para ouvir sem pressa, com o coração tranquilo.

Para saber mais: Matador RecordsAllMusic

Você também pode gostar

0 comentários