Conheça o lirismo poético do mineiro Bernardo Bauer


Bernardo por Laura Moretzsohn

Você já deve ter ouvido falar do músico mineiro Bernardo Bauer. Ele é integrante de alguns bons projetos da atual cena mineira, a banda instrumental Pequeno Céu e o M O O N S, projeto atual do André Travassos (ex- Camêra).

O que talvez você não saiba é que para além dos bons projetos do qual o músico faz parte, ele também toca desde de 2014 um projeto solo bem interessante que agora ganhará o mundo. O seu primeiro disco solo pelomenosum, será lançado em novembro pela Monotune Records. O trabalho terá seis faixas, gravadas pelo Bernardo em seu computador, num trampo recheado de loops, sensibilidade, poesia, violão e barulhinhos da natureza dos sítios onde o camarada gravou todo o trabalho.

O disco todo tem esse clima campestre permeando sonoramente as faixas. Toda a sensibilidade percussiva extraída do ambiente somado ao dedilhado suave do violão e o vocal calmo e arrastado do Bauer se conectam de uma forma bem bacana. É como se ele saísse do mundo caótico de BH ou qualquer outra grande cidade do mundo para tentar se conectar com nossas raízes ancestrais e a calmaria de um mundo cada vez mais inexistente.

O primeiro single do disco já dá uma ideia massa do que está por vir. Ouça "nem com querosene essa alma acende", segunda faixa do disco, abaixo:

Você também pode gostar

0 comentários